13/11/2016 às 12h33min - Atualizada em 13/11/2016 às 12h33min

Polícia prende golpista que usava nomes de juízes e promotores em MT

G1 MT
Ilustração
A Polícia Civil prendeu uma mulher suspeita de aplicar mais de 20 golpes em moradores da região de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, usando nomes de juízes e promotores e se passando por servidora pública. Ela teve o mandado de prisão cumprido no sábado (12), naquele município, ao se hospedar em um hotel onde já havia praticado um golpe anteriormente

De acordo com o delegado Joaquim Leitão Junior, que participou da operação, a estelionatária é suspeita de mais de sempre usar de artíficios para a execução do crime, como valer-se de nomes de juízes e promotores que atuam na região de Barra do Garças.

"Como referências pessoal, ela também passava-se por servidora do Tribunal Regional Eleitoral, e, ainda, utilizava nomes e dados falsos para efetivar os crimes", disse o delegado.

As investigações feitas pela polícia também apontam que a mulher era conhecida naquela área por aplicar, ainda, o "golpe da cigana", que consiste em abordar pessoas próximo a agências bancárias e se oferecer para fazer a leitura da mão da vítima.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »