14/11/2016 às 14h11min - Atualizada em 14/11/2016 às 14h11min

Escola estadual em MT ameaça cair sobre os alunos

AGENCIA DA NOTICIA + -

Os alunos que frequentam a escola estadual Miguel Gonçalves Borges, no distrito de Primaverinha do Fontoura, interior de Canabrava do Norte, enfrentam uma realidade difícil, desafiadora e lamentável. As paredes são de madeira, que não resistem mais ao tempo, são muitos os buracos. O teto é feito com folhas de brasilite, um produto que não é recomendável para a região porque concentra calor, tornando a permanência nas salas de aula em dias de sol, quase que insustentável.

A denúncia foi feita pelo deputado estadual Zeca Viana, do PDT. No perfil dele em uma rede social ele postou a seguinte mensagem:

“É este o governo que diz ter mania de educação? O Estado de Transformação?Governador Pedro Taques, vamos dar condições mínimas, dignas para nossos jovens e crianças estudarem”.

A postagem foi compartilhada por diversas lideranças políticas da região, Wilson Santos, fez o seguinte comentário: “A realidade da estrutura física desta escola eu conheço bem! A partir das 9:30hs só pra vocês terem uma ideia, a temperatura chega aos 40º graus e fica insuportável resistir a este calor. Para amenizar a situação, os profissionais tem que levar os alunos para debaixo de algumas árvores porque não aguentam ficar dentro das salas de aula, isto sem falar das inúmeras madeiras que estão podres e corre o risco de desabar a qualquer momento em cima de todos que se encontram em baixo desta estrutura. Mas por outro lado, eu tiro o chapéu para todos os profissionais que ai dedicam e dão o melhor de si para que os alunos tenham uma boa aprendizagem. Se viram da maneira que podem”, comentou.

Até o momento o governo do estado de Mato Grosso não se posicionou sobre o caso.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »