10/10/2016 às 10h28min - Atualizada em 10/10/2016 às 10h28min

Corpo de padre assassinato em MT é trasladado para o Paraná; carro é encontrado; veja vídeo

Padre João Paulo estava desaparecido desde o último sábado quando foi a uma reunião de grupo de jovens católicos, mas não retornou para casa.

O corpo do padre João Paulo Nolli, 35 anos, foi trasladado, esta manhã, para a cidade de Cornélio Procópio (PR), onde tem familiares e será sepultado. O padre foi velado, desde ontem à noite, na Paróquia São José Esposo, em Rondonópolis, onde centenas de fiéis se despediram, emocionados, do religioso que em suas pregações sempre defendia a paz, o amor, a piedade, compaixão e reunia multidões em suas celebrações. Um grande número de pessoas também acompanhou o traslado do corpo, levado em caminhão dos bombeiros, até o aeroporto. O sepultamento será esta tarde.

Padre João Paulo estava desaparecido desde o último sábado quando foi a uma reunião de grupo de jovens católicos, mas não retornou para casa. A polícia aponta que a principal hipótese é latrocínio (roubo seguido de morte), pois o veículo e celular do padre foram levados. Uma pessoa da igreja ligou para o celular do padre e outro homem atendeu. O aparelho telefônico foi localizado em posse de uma pessoa que seria usuária de entorpecente, mas ainda não se sabe se ele foi receptador ou se participou do homicídio. Ainda não se sabe o motivo.

O Hyundai HB20 que o sacerdote dirigia foi localizado entre os bairros Jardim Europa e Jardim das Américas, nas proximidades de uma escola estadual, ontem à noite.

De acordo com informações do Primeira Hora, populares viram quando três jovens abandonaram o carro. Imediatamente a Polícia Militar foi acionada e pegou estes suspeitos. Ainda não se sabe se eles têm envolvimento no assassinato do padre ou se pegaram o veículo com uma terceira pessoa.

O crime gerou muita comoção entre os moradores e lideranças. O prefeito Percival Muniz decretou luto oficial de 3 dias. O senador José Medeiros, que é de Rondonópolis, postou mensagem lamentando muito a morte. O governador Pedro Taques mandou o secretário de Segurança, Rogers Jarbas a Rondonópolis para acompanhar a investigação e as buscas ao assassino. Ele está desde ontem na cidade.

(Atualizada às 09:57h - fotos: reprodução e Gazeta MT)

Veja vídeo do Agora MT da chegada do corpo à igreja
<iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/c1azvXhd8zs" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »