19/11/2016 às 22h52min - Atualizada em 19/11/2016 às 22h52min

Homem e mulher são baleados em Sorriso; suspeito é preso

Página Press, com informações do Só Notícias
(foto: Rafael Souza

A dupla tentativa de homicídio ocorreu, esta tarde, na rua Irmã Benedita, esquina com Foz do Iguaçu, na região central. Testemunhas relataram que o suspeito se aproximou e efetuou vários disparos, que atingiram um homem e uma mulher. Em seguida, o acusado, segundo as testemunhas, fugiu em uma motocicleta Honda CB 300 azul.

As vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e encaminhadas ao Hospital Regional. Segundo o pai da mulher, ela foi atingida por dois tiros, um no braço e outro no abdômen. Neste momento, passa por cirurgia para retirada dos projéteis. Ainda conforme ele, o rapaz foi baleado na barriga e está inconsciente no Hospital Regional.

Na delegacia, o pai da jovem demonstrou revolta com o crime. Ele relatou que o suspeito é ex-namorado dela e que, por diversas vezes, a ameaçou de morte. “Ele quebrou o meu carro e outro veículo que eu havia dado de presente para ela. Também tentou me esfaquear, mas consegui desarmá-lo. Este rapaz obrigava a minha filha a ficar com ele. Ela tinha medo dele. Uma vez me ligou, relatando que havia sido agredida e que não aguentava mais. Registramos o boletim de ocorrência e conseguimos uma medida protetiva, que o impedia de chegar mil metros da minha filha”.

Conforme o pai, mesmo com a decisão judicial, as ameaças continuaram. “Eles se cruzavam na faculdade e ele sempre dizia que iria me matar. Em seguida, iria matá-la. Ele dizia que ela iria ser a última a morrer. Este rapaz que também foi baleado era apenas um colega de faculdade. Ela não tinha mais relacionamentos desde que havia terminado com o suspeito”, explicou.

Após o crime, diversos policiais iniciaram as buscas ao criminoso, que acabou preso por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no trevo que dá acesso ao município de Vera. Ele foi encaminhado para a delegacia municipal, onde será ouvido. Aos policiais, ele confessou o crime e relatou que jogou a arma em um rio. A principal suspeita é que o crime tenha motivação passional. Esta versão, porém, ainda será investigada pela Polícia Civil.  


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »