11/10/2016 às 12h12min - Atualizada em 11/10/2016 às 12h12min

Enfermeiros alegam que também estão sem receberem salários no hospital regional de Colíder

Nortão Notícias
A crise na saúde pública do norte de Mato Grosso parece que não tem fim. Após o governo estadual anunciar que está realizando os pagamentos dos salários atrasados de médicos que trabalham nos hospitais regionais de Sorriso, assim como no de Colíder, por outro lado, enfermeiros alegam que estão sem receberem a alguns meses.

A redação do Nortão Notícias recebeu ontem algumas ligações de enfermeiros que trabalham no hospital regional de Colíder, eles alegam que estão desde julho sem receberem salários. Todos os que procuraram nossa equipe pediram para que o nome deles não fosse divulgado por terem medo de sofrerem represálias.

Nossa redação também recebeu a ligação do diretor do hospital regional de Colíder, Paulo Lopes, ele negou as informações que foram publicadas ontem aqui no site, disse ainda que não concedeu entrevista ao Nortão Notícias. 


O que é verdade, a matéria publicada com o título "Médicos dos Hospitais de Sinop, Sorriso e Colíder paralisam parte dos atendimentos devido a salários atrasados" tomou como base informações divulgadas ontem pela TV Centro América em um link no telejornal Bom Dia Mato Grosso, quando o repórter narrou o seguinte trecho:

"Nós conversamos com Paulo Lopes, diretor do hospital regional de Colíder, ele disse que parte dos salários atrasados foram pagos na última sexa-feira e por isso os atendimentos estariam normais na unidade, só que a empresa que fazia o atendimento no hospital decidiu não prestar mais o trabalho" e concluiu que a decisão de deixar a unidade seria motivada pelos inconstantes atrasos de pagamento.


Por telefone o diretor do Hospital disse que não passou nenhuma informação para nenhum veículo de comunicação do estado, mas não falou sobre a crise na unidade de Colíder.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »