28/11/2016 às 18h16min - Atualizada em 28/11/2016 às 18h16min

Quadrilha de assaltantes oriunda de Brasília é presa em Confresa

Página Press
Redação
Foto: Agência da Notícia
Quatro pessoas oriundas de Brasília (DF) foram presas no município de Confresa (1.160 km a Nordeste), no sábado (26.11), em ação conjunta da Polícia Judiciária Civil e a Polícia Militar. O trabalho integrado decorreu de investigação para apurar assaltos, ocorridos nas mesmas circunstâncias e características, com emprego de violência e grave ameaça.

Dois dos presos, autores de pelo menos dois roubos, sendo um em Confresa e outro em Porto Alegre do Norte (125 km a Nordeste), estavam com mandados de prisão em aberto.

Alexandre Pereira da Silva, Leonardo Diniz Lucena, e Cassiano Franciney Santos, foram autuados em flagrante por roubo, corrupção de menor e porte ilegal de arma. O menor D.S.V.  responderá ato infracional análogos aos mesmos crimes.

Eles foram presos por policiais civis e militares, em uma casa na cidade de Confresa. No local foram apreendidas as armas utilizadas nos roubos e vários pertences das vítimas.

Um dos roubos ocorreu no dia 14 de novembro, em Porto Alegre do Norte. Os suspeitos armados e truculentos renderam a família de um vereador da cidade, e subtraíram vários  pertencentes da residência, além dinheiro e o veículo da vítima.

Dez dias depois, quinta-feira (24.11), outro roubo foi praticado pelos suspeitos no município de Confresa. Com os mesmo “modus operand”, os bandidos renderam outra família.

As investigações apontam que os criminosos escolhiam as casas que estavam com os portões abertos. Os presos praticavam os roubos usando um revólver calibre 38, e um simulacro de pistola. 

Conforme o delegado de Confresa, Marcello Maidame, após surpreender as vítimas dentro dos imóveis, as autores as amarravam e subtraiam todos os objetos das casas, inclusive alimentos.

“No crime realizado em Confresa, houve disparo de arma de fogo contra uma das vítimas que tentou reagir ao roubo”, destacou Marcello Maidame.

Em levantamento, os policiais descobriram que os envolvidos são da capital do Distrito Federal, e estavam na região exclusivamente para realizar as ações criminosas.

Dois dos presos estavam com os pedidos de prisão decretados no Distrito Federal, por  roubos cometidos em Brasília.

As diligências continuam para elucidar outros roubos praticados pelo grupo. O delegado de polícia Marcello lembra a importância das possíveis vítimas comparecerem na Delegacia de Polícia para fazer reconhecimento.

“A prisão dos autores foi resultado do empenho e dedicação dos investigadores e escrivães de polícia, que juntamente com os policiais militares não mediram esforços para combater a violência e criminalidade na região”, agradeceu o delegado de polícia de Confresa.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »