29/06/2019 às 12h56min - Atualizada em 29/06/2019 às 12h56min

Doze casais LGBTI'S oficializam união em casamento comunitário em Cuiabá

O projeto foi pensado para garantir a cidadania, resgatar a dignidade humana e ressaltar o combate à intolerância e ao preconceito

MAJU SOUZA
Casais celebraram a união do casamento, na noite de sexta-feira (28) (Reprodução)

Doze casais de gays, lésbicas, bissexuais, travestis, transexuais e intersexuais (LGBTI'S) se casaram, na noite de sexta-feira (28), em Cerimônia Ecumênica realizada pelo Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual (CMADS), em Cuiabá.

Essa é a primeira vez que é realizado um casamento comunitário para casais homoafetivos na Capital. A data da 1ª edição foi escolhida por celebrar o Dia Internacional do Orgulho Gay.

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) aprovou o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, em outro de 2011. Anteriormente, a parceria era feita apenas por um contrato de união estável.

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que os casamentos civis de pessoas do mesmo sexo entregassem certidões e garantisse direitos e benefícios.

O projeto foi pensado para garantir a cidadania, resgatar a dignidade humana e ressaltar o combate à intolerância e ao preconceito.

Como em todo casamento comunitário, os casais tiveram que preencher os requisitos, entre eles a comprovação da hipossuficiência financeira, já que não houve custos para os noivos e noivas. Essa determinação é estabelecida na Lei do Direito ao Consumidor.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »