11/10/2016 às 18h09min - Atualizada em 11/10/2016 às 18h09min

Com histórico de roubos e sequestros, seis mortos em troca de tiros são identificados; veja nomes

Mizael Duarte
Página Press
Reprodução

armas fogo, 5 aparelhos celulares e quantia de R$ 33.682,00 mil, reais em espécie.

Passagens criminais

Um dos mortos no confronto, Thiago Rodrigues Soares, chegou a ser preso em 2013 durante operação “Porto Estrela”, por planejar e executar o sequestro da jovem de T.K.G.A, 20 anos, filha de uma policial civil em Tangará da Serra. O sequestro aconteceu às 22h do dia 13 de agosto de 2013, na cidade de Porto Estrela.

O suspeito Kaique Oliveira Martins, que também foi à óbito durante o tiroteio, possui registros criminais por roubo à mão armada, receptação e corrupção de menores na cidade de Rondonópolis.

O investigado, Marcos Antônio, segue hospitalizado. Ele responde criminalmente a dois inquéritos anteriores, na cidade de Primavera do Leste, por furto qualificado, tráfico de drogas e receptação.

O caso

O assalto ao banco Sicredi, unidade localizada no bairro Vila Operária em Rondonópolis, aconteceu por volta das 10h de segunda-feira (10), quando a agência foi invadida após o segurança ser rendido. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »