16/12/2016 às 06h17min - Atualizada em 16/12/2016 às 06h17min

Noiva de Chico 2000 afirma que filha foi induzida a mentir sobre estupro

O vereador deixou a cadeia nesta quinta-feira (15), quatro horas antes da cerimônia de diplomação

por Sandra Carvalho, com Cíntia Borges
Foto: Ahmad Jarrah

Fernanda Oliveira da Costa afirmou na noite desta quinta-feira (15), ao chegar ao chegar no Teatro Zulmira Canavarros para a diplomação dos candidatos eleito, ter certeza de que sua filha foi induzida a denunciar seu noivo, o vereador Chico 2000 (PR), por estupro de vulnerável.

“Hoje é o dia dele (Chico 2000), mas eu vou falar com vocês. A única coisa que eu tenho a declarar é que ele é totalmente inocente e quero que a sociedade saiba disso. Eu sou mãe e infelizmente é com muita dor que digo que minha filha errou. Mas, ela está crescendo e com certeza vai pedir perdão ao Chico por essas acusações. Eu tenho certeza que ela foi induzida a fazer essas acusações”.

Ao lado de Fernanda, o vereador Chico 2000 disse que vai aproveitar os dias que antecedem a posse na Câmara Municipal de Cuiabá para reorganizar a vida. “Estou de licença da Câmara, vou aproveitar esses dias para organizar minha vida e vou tocar o meu mandato respeitando aqueles que me elegeram, aqueles que sempre me respeitaram”.

Sobre a acusação de estupro de vulnerável e sua prisão, Chico insistiu em negar. “A família da minha noiva me conhece, a Fernanda me conhece, Deus me reservou essa tempestade e  agradeço e sei que quando ela passar serei muito melhor do que hoje”, declarou, garantindo que na volta à Câmara responderá a todas as perguntas que o fizerem. “E atenderei o povo a quem devo satisfação e que me deu o quarto mandato”. Chico 2000 foi reeleito com 3.600 votos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »