13/10/2016 às 05h05min - Atualizada em 13/10/2016 às 05h05min

Botafogo derrota o Inter e entra no G6 do Campeonato Brasileiro

Gazeta Press
Botafogo se aproveitou da difícil situação do Inter no campeonato para superar o rival e entrar no G6 (Foto: Satiro Sodré/SSPress/Botafogo)
O Botafogo segue firme na briga por uma vaga na Libertadores. Em partida disputada na noite desta quarta-feira, na Arena Botafogo, na Ilha do Governador, o Alvinegro carioca derrotou o Internacional por 1 a 0, gol marcado por Sassá, de pênalti. O resultado fez o Botafogo chegar aos 47 pontos ganhos e agora ocupa a quinta posição na classificação do Campeonato Brasileiro. A derrota manteve o Inter na zona do rebaixamento. O time gaúcho ocupa a  17ª colocação com 33 pontos ganhos.
 
O resultado fez justiça ao Botafogo que mostrou mais ambição ofensiva do que o adversário e procurou o gol durante os 90 minutos. O Inter entrou disposto a não perder, mas acabou sofrendo mais uma derrota na competição.
 
Na próxima rodada, o Botafogo vai receber o Atlético-MG, na Arena Botafogo, na Ilha do Governador.  O Inter vai encarar o Flamengo, no Beira Rio, em Porto Alegre.
O jogo – Os primeiros minutos foram marcados por muita disputa no meio-campo e poucos lances da área.O primeiro ataque do Botafogo aconteceu aos cinco minutos quando Neilton investiu pela esquerda e cruzou para a entrada de Vinicius Tanque, mas o atacante não conseguiu chegar na bola. O Inter mantinha apenas Vitinho na frente, muito preocupado em bloquear as investidas da equipe carioca. Aos 11 minutos, Rodrigo Lindoso arriscou de longe e a bola encobriu o travessão de Danilo Fernandes.
O Botafogo seguia controlando as ações, mas não conseguia criar condições para concluir. Só depois dos 15 minutos é que o Inter  passou a adiantar seus jogadores e passar  a trocar passes no campo adversário, mesmo sem qualquer profundidade.
O atacante Vitinho, revelado pelo time carioca, era muito vaiado sempre que tocava na bola.
O primeiro chute da equipe gaúcha só aconteceu aos 22 minutos em conclusão de Rodrigo Ferrareis, mas a bola desviou na zaga e saiu para escanteio.
Aos 30 minutos, o Botafogo criou a primeira chance de gol em chute forte de Dudu Cearense que obrigou Danilo Fernandes a uma grande defesa, espalmando para escanteio. Na cobrança, o time alvinegro teve a chance de marcar, mas Dudu Cearense, de costas, acabou salvando o Inter, ao desviar, involuntariamente, um chute de Joel Carli que tinha a direção do gol.
O Inter respondeu com um chute muito perigoso de Valdívia que passou muito perto da trave esquerda de Sidão. Aos 36 minutos, o Alvinegro de General Severiano desperdiçou outra grande oportunidade. Alemão lançou Neilton que ganhou de Ceará, entrou na área e chutou para fora, na saída do goleiro colorado.
 
O Botafogo voltou para o segundo tempo com Rodrigo Pimpão e Sassá nas vagas de Dudu Cearense e Vinicius Pimpão. O time carioca passou a atuar com três atacantes. O primeiro momento de perigo foi causado pelo Internacional quando Vitinho recebeu na intermediária e arriscou de fora da área, mas a bola encobriu o travessão defendido por Sidão.
O jogo ficou mais equilibrado com as duas equipes buscando o gol, apesar da pouca inspiração dos atacantes. Aos onze minutos, William chutou rasteiro e Sidão fez boa defesa.
Apesar das mudanças, o Botafogo não conseguia chegar na área do Inter com troca de passes, porque Camilo recebia marcação individual e não conseguia distribuir o jogo.
Aos 20 minutos, Vitinho arrancou desde o meio de campo, se livrou de dois marcadores e bateu rasteiro, mas Sidão fez grande defesa e impediu o primeiro gol do Inter. O time gaúcho teve outra chance aos 25 minutos quando Sassá falhou ao tentar chutar na entrada da área e a bola sobrou para Vitinho que bateu por cima. O Botafogo respondeu com um contra-ataque rápido e a bola acabou nos pés de Rodrigo Pimpão que teve o seu chute bloqueado pelo goleiro Danilo Fernandes, que usou o  pé direito para salvar a sua equipe.
A partida ficou aberta com os dois times procurando o gol, mas encontrando pela frente defesas
Aos 39 minutos, o Botafogo marcou o primeiro gol. Sassá foi lançado na esquerda e acabou derrubado por Eduardo na pequena área. O árbitro marcou pênalti que Sassá converteu, sem dar chance ao goleiro Danilo Fernandes. O atacante alvinegro marcou seu 11º gol na competição.
Desesperado, o Inter partiu para buscar o empate, mas o Botafogo soube segurar o resultado.
 
FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-RJ 1 X 0 INTERNACIONAL-RS
 
Local: Arena Botafogo, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 12 de outubro de 2016, na quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (FIFA-SC) e Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG)
Público: 9807 pagantes
Cartão Amarelo: Vinicius Tanque, Joel Carli, Airton(Bota); Paulão(Int)
Gol:
BOTAFOGO: Sassá, aos 39 minutos do segundo tempo
 
BOTAFOGO: Sidão; Alemão, Joel Carli, Emerson Santos e Víctor Luís; Aírton, Rodrigo Lindoso, Dudu Cearense(Rodrigo Pimpão) e Camilo; Neilton(Gervazio Nuñez)  e Vinicius Tanque(Sassá)
Técnico: Jair Ventura
 
INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; William, Paulão, Eduardo e Ceará(Geferson); Rodrigo Dourado, Anselmo, Valdívia(Eduardo Sasha), Alex(Seijas) e Gustavo Ferrareis; Vitinho.
Técnico: Celso Roth

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »