28/07/2020 às 15h01min - Atualizada em 28/07/2020 às 15h01min

População precisa ser infectada para ganhar imunidade, diz secretário de MT

THIAGO ANDRADE
Gazeta Digital
Reprodução

O secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, disse que a pandemia do novo coronavírus só será controlada no estado depois que parte da população tiver criado anticorpos contra a covid-19. Ao falar sobre os resultados do Centro de Triagem na Arena Pantanal, Figueiredo afirmou que de "alguma maneira a população precisa ser infectada para ganhar imunidade".

Em entrevista coletiva na sexta-feira (24), o secretário comentou que quase metade dos testes rápidos aplicados apenas no primeiro dia no Centro de Triagem deram positovo, o que é uma notícia triste, porém benéfica por outro lado, tendo em vista a imunidade da população e também o monitoramento da doença no estado.

O secretário já foi infectado pelo novo coronavírus, também o governador Mauro Mendes (DEM) e outros membros do alto escalão do governo. O então presidente da Fapemat, Adriano Silva, desenvolveu a forma grave da covid e faleceu em transferência de Cáceres para Cuiabá. 

Ao dizer que todo mundo precisa pegar para ter imunidade, o secretário destacou que o grande problema é o percentual dos pacientes em que o quadro se agrava. Nesse sentido, Figueiredo garantiu que o Estado está trabalhando para aumentar a rede de assitência hospitalar para atender especialmente esses casos, mais graves.

Para o secretário, não dá para sacrificar diversos setores da atividade econômica. Segundo ele, várias empresas chegaram ao stress máximo em Mato Grosso por conta do fechamento, até precoce e agora por conta do novo fechamento. 

Defendendo a flexibilização, o secretário disse que é preciso ser mais vigilante com as medidas não farmacológicas, como o uso da máscara, álcool em gel e evitar aglomerações.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...