28/07/2020 às 15h27min - Atualizada em 28/07/2020 às 15h27min

Colíder amplia toque de recolher e libera funcionamento de alguns segmentos

As igrejas evangélicas e católicas também ficarão liberadas para cultos e missas presenciais.

REDAÇÃO

O prefeito de Colíder, Noboru Tomiyoshi, anunciou o novo decreto municipal, que entra em vigor nesta terça-feira (28.07) e atualiza o conjunto de medidas de prevenção, controle e enfrentamento à disseminação da covid-19. Uma das novidades é a liberação das aulas presenciais dos cursos livres, de idiomas e informática. As atividades físicas em academias e celebrações religiosas também serão permitidas.

No entanto, para controlar o fluxo de pessoas na cidade durante o período noturno e conter as aglomerações, o toque de recolher entre 22h e 5h permanece. “É desnecessário, nesse horário, permanecer na rua. É colocar a vida em risco. Por isso, a gente permanece com o toque de recolher”, justifica o prefeito.

Restaurantes, lanchonetes e espetinhos ficam liberados a funcionar até às 22 horas e os bares podem estender o atendimento até às 19h. A comercialização de bebidas alcoólicas passa a ser permitida nesses estabelecimentos, mas o cliente deverá levar para consumir em casa.  Permanece a regra das duas cadeiras por mesa. “Assim, nós estamos protegendo o consumidor, os funcionários e os proprietários desses comércios”, argumenta Noboru.

DISTANCIAMENTO E GESTANTES

O decreto reforça as mediadas de higienização, uso de máscara e de distanciamento social, inclusive para as atividades que estão sendo liberadas. “As igrejas, os cursos, as academias ficam liberadas, obviamente obedecendo todos os procedimentos de segurança e também de higiene”, destaca o gestor de Colíder.

Noboru Tomiyoshi reforça que é importante acentuar os cuidados de proteção às pessoas do grupo de risco e gestantes. “A gente pede a toda a comunidade que nos ajude a evitar essa contaminação e preservar a vida. Às gestantes, pedimos uma atenção especial. Muito cuidado. O máximo de isolamento possível para todas as nossas gestantes, para que a gente possa ter essa tranquilidade e contribuir para salvar a vida”, pontua o prefeito.

ACADEMIAS, CURSOS E IGREJAS

A flexibilização foi tomada nesta segunda-feira (27.07), durante a reunião do Comitê Municipal de Combate e Prevenção ao Coronavírus. As academias, segundo o secretário municipal de Esportes, Cultura e Lazer, Adriano Mendonça de Oliveira, deverão obedecer a alguns critérios. “As academias poderão atender, no máximo, vinte alunos, dependendo do tamanho do espaço. Essa retomada das atividades em academias vai cooperar com a saúde e o reforço à imunidade”, argumenta.
“Os cursos serão autorizados novamente neste decreto de agora, obedecendo, obviamente, todas as medidas de segurança e, também, de distanciamento”, informa Márcio Fernandes, secretário municipal de Educação. “Será permitido apena um aluno a cada um metro e meio de distância e seguindo todas as recomendações preconizadas pelo Ministério da Saúde e o nosso plano de contingência municipal”, acrescenta.

IGREJAS

 As igrejas evangélicas e católicas também ficarão liberadas para cultos e missas presenciais. “Nós entendemos que agora é um momento específico para que retomemos as atividades adotando todas as restrições e todos os cuidados, mas deixando a população livre para cultuar ao Senhor em suas respectivas denominações”, comenta o pastor Emaicon Alessandro, presidente do Conselho de Pastores de Colíder.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Colíder (Acic), Leandro Kessler, avalia que a decisão vai de encontro à realidade do momento, onde há uma desaceleração na evolução dos casos de covid-19. “O comitê tem se preocupado bastante com situação do comércio e, também, com a saúde da população. Todas as vezes que se percebe que consegue retomar um pouco a normalidade, o comitê flexibiliza as normas dos decretos para que a gente consiga retomar nossa vida, retomar o comércio sem prejudicar a saúde da população, que é o mais importante”, avalia o líder empresarial.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...