18/08/2020 às 18h25min - Atualizada em 18/08/2020 às 18h25min

Suspeito de estupro de menina de 10 anos pede exame de DNA de outros familiares

ISTO É
Reprodução

Vídeos que circulam pelas redes sociais mostram um homem que seria o suspeito de estuprar e engravidar a sobrinha de 10 anos. Na gravação, o homem afirma que ligou para a polícia para se entregar. Ele foi preso na madrugada desta terça-feira (18) em Betim, Minas Gerais.

Em outro vídeo que também circula pelas redes, ele diz que quer esclarecer os fatos e pede que além dele outros dois familiares da vítima sejam submetidos ao teste de DNA. “Da mesma forma que eu vou fazer o exame, quero que façam o exame no avô dela e no filho do avô dela que morava na casa”, disse o homem.

Foragido, R. H. de J., de 33 anos, ex-presidiário, já chegou a cumprir pena por tráfico de drogas, associação criminosa e posse ilegal de arma. O novo mandado de prisão, por estupro de vulnerável, foi expedido pela 3.ª Vara Criminal de São Mateus, do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJ-ES), na quarta-feira passada (12).

 
 

O caso da menina de 10 anos se tornou público depois que ela deu entrada no Hospital Roberto Silvares, em São Mateus, no Espírito Santo, se sentindo mal. Enfermeiros perceberam que a garota estava com a barriga estufada, pediram exames e detectaram que ela está grávida de cerca de 3 meses.

Em conversa com médicos e com a tia que a acompanhava, a criança relatou que o tio a estuprava desde os 6 anos. Ela disse que não havia contado aos familiares porque tinha medo, pois ele a ameaçava.

O juiz Antonio Moreira Fernandes, da Vara da Infância e da Juventude de São Mateus, município no norte do ES onde a menina mora, deu aval à interrupção da gravidez para preservar a vida da vítima, que foi levada para Recife, já que no Espírito Santo o atendimento do hospital autorizado a fazer o aborto teria se recusado. A legislação autoriza a interrupção da gravidez em caso de estupro.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...