08/01/2021 às 14h52min - Atualizada em 08/01/2021 às 14h52min

Após se recuperar da Covid-19, administrador da diocese de Sinop tem parada cardíaca e morre

Roque estava internado há mais de 4 dias numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por conta das complicações causadas pela Covid-19. Ele havia sido curado da doença, mas teve uma parada cardíaca e não resistiu.

Página Press, com G1 - MT
Roque Rhoden, 63 anos — Foto: Arquivo Pessoal

Morreu nessa quinta-feira (7) Roque Rhoden, aos 63 anos, administrador da mitra diocesana de Sinop, a 503 km de Cuiabá e ex-coordenador nacional da Pastoral Familiar. A cúria diocesana ou mitra diocesana (fazendo uma alusão à mitra, insígnia de jurisdição e governo próprio do bispo) é um organismo administrativo que cada diocese e eparquia na Igreja católica possui. É composta pelas principais autoridades da diocese.
 

Segundo a diocese de Sinop, Roque estava internado há mais de 4 dias numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por conta das complicações causadas pela Covid-19. Ele havia sido curado da doença, mas teve uma parada cardíaca e não resistiu.
 

Seu corpo será enterrado nesta sexta-feira (8),
 

Em nota, o bispo diocesano, dom Canisio klaus, expressou pesar pela morte de Roque Rhoden.
 

“Com profundo pesar cumpro o dever de comunicar que faleceu o nosso grande amigo, colaborador e irmão na fé. Manifestamos nossos mais sinceros e profundos sentimentos de pesar, à esposa, filhos, netos e familiares. Que Deus na sua misericórdia acolha este nosso irmão na paz eterna”.
 

Nascido no interior do Sul do Brasil, foi para Sinop e, desde então, era administrador da Mitra da diocese. Ele deixa a mulher, quatro filhos e noves netos.

 

Roque e a esposa Verônica foram coordenadores da Comissão Nacional da Pastoral Familiar, de 2014 a 2017. Muito atuante nas atividades, ações na igreja católica, atualmente eram vice – coordenadores.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...