08/01/2021 às 18h53min - Atualizada em 08/01/2021 às 18h53min

Lira diz que dará voz a bancadas menores: “MT sustenta o País”

Candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro, deputado federal esteve em Cuiabá nesta sexta

LISLAINE DOS ANJOS
Mídia News
O deputado federal Arthur Lira, que disputa a presidência da Câmara Federal (Lislaine dos Anjos/MidiaNews)

Candidato à presidência da Câmara Federal, o deputado Arthur Lira (PP-AL) esteve em Cuiabá nesta sexta-feira (8) e afirmou que bancadas menores, como é o caso de Mato Grosso, terão espaço e voz durante o seu mandato, caso eleito.

 

Lira, que é apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), tem visitado as capitais do País em busca de apoio das bancadas federais na disputa.

 

Em Mato Grosso, ele recebeu apoio expresso dos deputados Neri Geller (PP), Nelson Barbudo (PSL), Leonardo Albuquerque (SD) e José Medeiros (Podemos). A bancada mato-grossense conta com oito parlamentares.
 

Em seu discurso, Lira afirmou que falta espaço às minorias dentro da Casa.

 

“Temos deputados muito aguerridos, como é a bancada aqui de Mato Grosso. Um Estado grande como esse que sustenta o Brasil nas costas por meio da agricultura, no setor primário, e só tem oito deputados para defendê-lo. Assim como no Amapá, no Amazonas, no Acre, Roraima, Rondônia, que também têm 8, ou o meu Alagoas, que tem 9 [representantes]”, disse.

 

Para Lira, falta ao comando da Câmara, hoje, respeitar o regimento interno, as minorias e maiorias e dar mais transparência aos atos do Legislativo, bem como “respeito e voz aos deputados que estão calados, sem poder se manifestar”.

 

“Essas bancadas têm que ter oportunidade na Câmara de Deputados, de aparecerem com seus trabalhos, com a sua atuação, com a defesa dos temas que levaram esses deputados eleitos pela sua população a estarem ali representando os seus estados", afirmou.

 

"Isso nos foi tirado. Nos últimos dois anos, não está a Câmara que deveria”, acrescentou.

 

O candidato aproveitou, ainda, para alfinear o atual presidente, Rodrigo Maia (DEM-RJ), questionando o motivo de que alguns temas vão ao plenário enquanto outros "caducam". Maia apoia o nome de Baleia Rossi (MDB-SP) para sua sucessão.

 

"A Câmara dos Deputados não tem dono e a pauta do Brasil não pode ser decidida por um homem só", resumiu Lira.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...