09/01/2021 às 16h07min - Atualizada em 09/01/2021 às 16h07min

Marido é preso por matar mulher com suposto tiro acidental de espingarda de pressão no rosto

De acordo com a polícia, marido pegou a arma, foi manusear e a engatilhou três vezes. Na quarta tentativa a espingarda disparou e acertou o rosto da mulher.

TV Centro América
Angélica Aparecida Gaio, de 30 anos, foi atingida por um tiro de espingarda de pressão em Sorriso — Foto: Arquivo Pessoal

Um marceneiro foi preso nessa sexta-feira (8) suspeito de matar a mulher dele com um suposto tiro acidental no rosto em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Angélica Aparecida Gaio, de 30 anos, foi atingida por um tiro de espingarda de pressão.
 

Abner Elias da Conceição Sales, de 23 anos, foi preso suspeito de homicídio.
 

Segundo a PM, o crime ocorreu no bairro Jardim Bela Vista.
 

Abner trabalha em uma fazenda e foi até uma pensão, junto com a vítima, para arrumar uma cama.
 

A arma é de propriedade do morador da pensão.
 

De acordo com a polícia, Abner pegou a arma, foi manusear e a engatilhou três vezes. Na quarta tentativa a espingarda disparou e acertou o rosto da mulher.
 

Ele e o morador, que estaria no banheiro no momento do disparo, a socorreram e a levaram para o Hospital Regional de Sorriso, mas ela não resistiu.
 

O marido está preso e o dono da espingarda será testemunha. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...