12/01/2021 às 22h20min - Atualizada em 12/01/2021 às 22h20min

Polícia investiga casal acusado de comprar bebê de 6 meses em Cuiabá

Segundo a Deddica, a mãe biológica da criança conheceu o casal através de uma amiga em comum

Repórter MT
Reprodução

Um casal, nomes mantidos em sigilo, foi denunciado na Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) por comprar ilegalmente um bebê de 6 meses, no bairro 1º de Março, em Cuiabá.

A denúncia anônima chegou até à Polícia Civil por meio da ouvidoria da corporação, que repassou para a delegacia especializada.

O comunicante informou para os policiais que o bebê nasceu no mês de junho, mas só tinha o registro da mãe na certidão de nascimento, pois, o pai biológico aguardava o teste de DNA.

Segundo a Deddica, a mãe biológica da criança conheceu o casal investigado através de uma amiga em comum. Após conhecer a mulher, o homem investigado foi até ao cartório e registrou o menino em seu nome. Ele tentou colocar o nome da sua esposa no documento, mas não foi autorizado pelo cartório.

Após a denúncia, os policiais da Delegacia foram até a quitinete onde o casal investigado mora, no Bairro 1º de Março. Na residência, os agentes encontraram o bebê trancado, em um local insalubre.

Em um primeiro momento, o homem afirmou ser o pai da criança e não soube explicar aos policiais onde estava a mãe biológica do menino. Após um tempo, ele confessou ser padrinho do menino e teria registrado, pois, queria cuidar dele.

Os policiais ficaram ainda mais desconfiados da história, quando o homem disse conhecer a mãe biológica da criança há apenas dois meses.

O Conselho Tutelar foi acionado no local e foi aberto um inquérito policial pela Deddica, que vai investigar o caso. Não informação sobre a aguarda da criança durante o período de investigação. O processo corre em segredo de justiça por se tratar de menor de idade.

Agora os investigadores apuram detalhes do caso para punir os responsáveis.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...