05/02/2017 às 06h12min - Atualizada em 05/02/2017 às 06h12min

Prefeito denuncia sumiço de dinheiro em Previdência Social

VG Notícias
VG Notícias
O prefeito de Acorizal, Clodoaldo Monteiro (PSDB), protocolou denúncia no Tribunal de Contas do Estado (TCE/MT), relatando sumiço de R$ 2 milhões das contas da Previdência Social do município.

Ao TCE/MT ele pede investigação nos processos de aposentadoria, que podem conter irregularidades, e auditoria na Previdência municipal.

Segundo a assessoria do município, na última quinta (02.02), o prefeito apresentou aos associados da Acori-Previ relatório apontando o rombo. "Os associados ficaram revoltados", conta a assessoria.

O possível "rombo" foi identificado por meio de relatório apresentado pela empresa que gerencia o fundo previdenciário, a Agenda Assessoria. "Hoje, a dívida deste sistema ultrapassa os R$ 2 milhões, e devido inúmeros rumores que circulam na cidade, sobre as reais condições deste sistema de previdência, Clodoaldo levou todos os documentos para comprovar a precariedade que o Acori-Previ foi encontrado" explica a assessoria.

No entanto, conforme a assessoria, o prefeito e seu secretariado ainda não quiseram afirmar, só disseram que o caso já está sob investigação, mas a suspeita é que os antigos gestores descontaram esse valor que ultrapassa R$ 2 milhões, dos servidores e não repassaram para os cofres públicos.

"Os órgãos responsáveis como Tribunal de Contas e Ministérios Público já estão a par das condições do Acori-Previ através de denúncias protocoladas durante esta semana" assegura a assessoria.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »