20/02/2021 às 15h34min - Atualizada em 20/02/2021 às 15h34min

Padovani destaca ações do governo de MT em Marcelândia e região norte "O governo está olhando para o futuro..."

Prefeitos de Marcelândia, Cotriguaçu e Aripuanã apontam melhorias com o início das obras de pavimentação e pontes pelo Mais MT

REDAÇÃO
DivulgaçãoPrefeito de Marcelândia, Celso Padovani, durante assinatura de ordens de serviço para obras de infraestrutura, no Palácio Paiaguás - Foto por: Tchélo Figueiredo
Principais beneficiados com a execução do Programa Mais MT, prefeitos de mais de 50 municípios participaram da assinatura da ordem serviço para a realização das obras de pavimentação asfáltica, troca de bueiros e pontes de madeira pelas de concreto. Alguns deles ressaltaram o que muda no município a partir de agora e a preocupação do Governo do Estado em cumprir o cronograma das obras.

De acordo com o prefeito de Marcelândia, Celso Padovani, no município há 4.800 mil quilômetros de estrada de chão por vias estaduais, municipais e vicinais.

"O governador Mauro Mendes vem mostrando um dos melhores governos dos últimos 20 anos. Marcelândia já recebeu mais de R$ 20 milhões em obras e, hoje, fomos beneficiados com mais uma ponte de concreto que dá acesso ao município. O governo está olhando para o futuro e para o setor agrícola que é muito importante para o Norte de Mato Grosso", afirmou.

A prefeita do município de Aripuanã, Seluir Peixer, conta que a população está ansiosa pela pavimentação de 41 quilômetros da MT-208 (Passagem do Loreto), manutenção de outros 90 quilômetros da MT-208 (trecho entre Aripuanã e Conselvan), além da finalização da ponte sobre o Rio Aripuanã.

"A manutenção destes quilômetros é onde sai o centro da nossa economia. Aripuanã tem 76 anos e muitos moradores não acreditavam que isso aconteceria. O município está agraciado e gostaria muito de agradecer ao governo pelo empenho. Para o nosso município está prevista também a troca de 37 cerca de pontes - bueiros e pontes por alvenaria", disse

O município de Cotriguaçu também receberá a obra de pavimentação na MT-170 entre o Rio Juruena e Cotriguaçu. A rodovia é uma das principais rotas do noroeste do Estado usada para a pecuária. Devido às intensas chuvas na região, a estrada vira atoleiro.

Temos hoje quase 3 mil quilômetros de estrada e a dificuldade se torna maior no período de chuvas, principalmente para os caminhoneiros que param em lugares baixos e serra", relatou o prefeito da cidade, Olirio Oliveira.

A contratação de serviços de elaboração e revisão de estudos, projetos básicos e executivos para 1.057,78 quilômetros de novas pavimentações e 51 pontes de concreto foram apresentados pelo Governo do Estado na última quinta-feira (18.02), no Palácio Paiaguás.

Também foram emitidas ordens de serviço para o início de obras de pavimentação em uma extensão de 775 quilômetros e a construção de 40 pontes de concreto.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »