20/02/2021 às 15h30min - Atualizada em 20/02/2021 às 15h30min

Servidora da AL e investigadora da PJC morrem de Covid em Cuiabá

Amigos deixaram mensagem de pesar pelas mortes de Irani Lelis e Nubia Reis

ALLAN MESQUITA
Folha Max

A servidora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Irani Lelis, morreu neste sábado (20) em decorrência do novo coronavírus.  

Irani foi diagnosticada com a covid-19 e seguia em tratamento. No entanto, nas últimas horas a servidora acabou sofrendo complicações da doença e veio a óbito.

Por meio das redes sociais, a irmã da vítima lamentou a morte. Ela lembrou que há poucos dias, outro familiar delas também morreu. 

“Mais uma vez, meu coração se enche de tristeza e angústia.  Em 23 dias perdi dois pedaços   de mim. É muito triste perder duas irmãs em tão poucos dias, só deixando muitas saudades. Que Deus te receba Irani Lelis  de braços  abertos. Saudades eterna de vcs minhas irmãs amadas”, escreveu Izaura Castro. 

Uma amiga também utilizou as redes sociais para manifestar homenagens. “Não acredito que vc nos deixou minha amiga de tantas lutas quantas brigas travamos juntas em Cuiabá por uma saúde melhor quanta ajuda vc me deu todas as vezes que eu precisei me acolheu em sua casa em um momento que mais precisei”, escreveu. 

INVESTIGADORA 

Também faleceu neste sábado (20), a investigadora da Polícia Civil, Nubia Reis, em decorrência ao novo coronavírus. Nubia atuava na a Delegacia da Mulher de Várzea Grande e não resistiu as complicações ocasionadas pelos vírus. 

Por meio das redes sociais amigos e familiares lamentaram a morte. 

PANDEMIA EM MATO GROSSO 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sexta-feira (19.02), 241.085 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.594 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. 

Foram notificadas 2.304 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 241.085 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.488 estão em isolamento domiciliar e 225.860 estão recuperados. 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 319 internações em UTIs públicas e 321 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 72,83% para UTIs adulto e em 37% para enfermarias adulto. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »