22/02/2021 às 15h01min - Atualizada em 22/02/2021 às 15h01min

Jovem é assassinado em cemitério por suposto envolvimento com ex-mulher de traficante

Uma testemunha viu Mateus Riato discutindo com o suspeito na porta do cemitério. Ele foi morto a tiros e teve o corpo jogado em uma cova do cemitério.

REDAÇÃO
Mateus Riato, de 18 anos, foi morto a tiros em MT — Foto: Divulgação

Um homem foi preso em flagrante suspeito de matar o irmão de um policial militar de Porto dos Gaúchos (a 663 km de Cuiabá), no sábado (20). De acordo com a Polícia Civil, o corpo de Mateus Riato, de 18 anos, foi encontrado ontem (21) dentro de uma cova no cemitério da cidade. 

 

Durante investigações, uma testemunha afirmou ter visto a vítima e o suspeito, de 23 anos, discutindo em frente ao cemitério durante a madrugada de sábado (20). O suspeito teria agredido Mateus e o forçado a entrar no cemitério. 

 

De acordo com as informações da Polícia Civil, a testemunha ouviu o disparo de arma de fogo após o jovem entrar no local. 

 

O suspeito tentava fugir da cidade quando foi encontrado pelos policiais. Ele foi autuado em flagrante e permaneceu em silêncio durante interrogatório. 

 

Durante as diligências, os policiais coletaram diversos elementos de informação, como testemunhos e conversas em aplicativos que embasarão o inquérito.

O delegado de Porto dos Gaúchos, João Antônio Batista Ribeiro Torres, representou pela conversão do flagrante em prisão preventiva.

 

As investigações continuam para averiguar se há outros envolvidos e a motivação do crime. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »