24/02/2021 às 22h27min - Atualizada em 24/02/2021 às 22h27min

Lula sobre eleições de 2022: “Não vou brigar para ser candidato”

Ex-presidente do país afirmou que não diria "não" para as eleições, pois assim teria que "pedir licença do PT e ir criar codorna"

METRÓPOLES
Rafaela Felicciano/Metrópoles

Ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou, em sua conta oficial do Twitter, que não vai “brigar para ser candidato” às eleições presidenciais de 2022.

“Se os companheiros dos partidos de esquerda acharem que preciso ser candidato, eu serei. Mas não vou brigar para ser candidato”, afirmou o petista.


Lula ainda ironizou a possibilidade de aposentadoria da vida política: “Só não posso falar nunca mais porque no dia que eu falar isso tenho que me aposentar, pedir licença do PT e ir para casa criar codorna.”

A possibilidade de o ex-presidente se eleger novamente ao cargo de presidente ainda é um dos temas de maior polêmica no meio político. Em pesquisas de intenção de voto, o petista perde em diversos cenários para o atual presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

Na última pesquisa, divulgada no último dia 29 de janeiro, Bolsonaro aparece com 30,5% das intenções enquanto o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro ocupa o segundo lugar com 12%.

Ciro Gomes (PDT) aparece na terceira posição com 10,6%. Pontuam ainda Fernando Haddad (9,5%), Luciano Huck (8,1%), João Doria (5,4%), Guilherme Boulos (3,5%) e João Amoedo (2,9%).

No segundo cenário, Bolsonaro repete a posição de vantagem e soma 31% das intenções de voto. O nome do ex-presidente Lula teve 17,3% e ficou em segundo lugar. Moro teve 12,1% e Ciro Gomes 9,2%.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »