21/04/2021 às 21h14min - Atualizada em 21/04/2021 às 21h14min

Idosa que aparece em lista de "mortos" vacinados do TCE está viva e grava vídeo; veja imagens

REDAÇÃO
Reprodução

Uma das 27 pessoas "mortas" que teriam recebido a vacina contra a Covid-19, na verdade, está viva. O CPF de Catarina Maria de Jesus, de 86 anos, aparecia em uma lista do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT) em uma suposta fraude envolvendo a vacinação contra o coronavírus.

A prefeitura de Tangará da Serra (244 km de Cuiabá), entretanto, informou que esteve na casa da idosa e constatou que ela está viva. Em vídeo, Catarina aparece dando graças a Deus por estar viva e vacinada contra a Covid-19. “Essa sou eu, estou viva, graças a Deus, e vou viver muito”, disse ela. 

Catarina nasceu em 25 de novembro de 1934, em Santa Vitória, Minas Gerais. Hoje, ela reside em Tangará da Serra, no Jardim São Marcos, sendo atendida pela Unidade de Saúde da Vila Goiânia.

Ela autorizou a prefeitura a divulgar seus dados pessoais, foto e vídeo para desfazer o mal entendido e comprovar que está viva.

Em nota, a secretária de Saúde de Tangará da Serra, Gicelly Zanatta, esclareceu que assim que recebeu a notificação do TCE, o município procurou e localizou a idosa em sua residência, no Jardim São Marcos.

“Os esclarecimentos, com a comprovação de que a idosa está viva foram encaminhados ao TCE no dia em que o município recebeu a notificação”, explicou.
Confira nota na íntegra 

Nota de Esclarecimento

“Considerando notificação do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT) a respeito de possível caso de vacinação de uma pessoa (idosa), supostamente morta, no município de Tangará da Serra.

A Secretaria Municipal de Saúde esclarece que o Município recebeu a notificação e encaminhou para o setor de vacinação contra a Covid-19, que já fez o levantamento necessário para apurar a situação, comprovando que a idosa citada está viva, tem 86 anos, reside em Tangará da Serra e foi devidamente vacinada, conforme o Plano Nacional de Imunização (PNI).

Portanto, frisa-se que a idosa citada na notificação do TCE não está morta, já que foi localizada pela equipe de saúde do bairro onde reside em Tangará da Serra.

Os esclarecimentos, com a comprovação de que a idosa está viva foram encaminhados ao TCE no dia em que o Município recebeu a notificação.

A Secretaria reafirma seu compromisso com a verdade e esclarece ainda que não foi procurada pela reportagem do G1, conforme matéria divulgada pelo site de notícias.

Reiteramos que desde o mês de janeiro, quando começou a campanha de vacinação, o Município já aplicou mais de 12 mil doses da vacina contra a Covid-19 em idosos, trabalhadores da saúde, profissionais de segurança e salvamento, dentre outros, o que destaca Tangará da Serra como uma das três cidades que mais aplicaram doses da vacina contra Covid-19 em Mato Grosso, com média de mais de 80% de aplicação das doses recebidas do Ministério da Saúde.

Por fim, reiteramos que a Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Tangará da Serra preza pela seriedade e transparência, disponibilizando de forma aberta, diariamente, em seus canais oficiais, listas com os nomes e data de nascimento de todas as pessoas vacinadas na cidade, bem como um Vacinômetro, onde é possível encontrar informações sobre as doses recebidas, aplicadas e os grupos prioritários já vacinados.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »