29/07/2021 às 22h27min - Atualizada em 29/07/2021 às 22h27min

Mulher é presa por vender a filha de 1 mês por R$ 200 e ainda dividir em 2 vezes; dinheiro seria para comprar drogas, segundo a polícia

G1
Reprodução
Uma mulher foi presa em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio, nesta terça-feira (27) por ter vendido a própria filha por R$ 200. Segundo a polícia, a mulher confessou que vendeu a criança, parcelou em duas vezes, e o dinheiro teria sido usado para comprar drogas.

De acordo com a polícia, o pagamento ainda foi feito de forma parcelada.

A criança é uma menina e foi vendida quando tinha cerca de um mês de idade, em abril de 2020, para um casal que mora em Saquarema. Ainda no ano passado, ela foi resgatada pelo Conselho Tutelar e ficou sob os cuidados da Justiça.

A mãe foi presa neste ano depois que um mandado de prisão preventiva foi expedido pela Justiça por prometer ou efetivar a entrega de filho a terceiro, mediante pagamento ou recompensa, crime previsto no Artigo 238 do Estatuto da Criança e do Adolescente.

O juiz da 2ª Vara de São Pedro da Aldeia, Márcio da Costa Dantas, determinou em audiência no último dia 8 de junho que a compradora, 42 anos, preste serviços à comunidade durante seis meses e pague à ONG Patotinha da Aldeia três salários mínimos, o equivalente a R$ 3,300.

Segundo a polícia, a mulher presa tem 10 filhos. Ela foi presa por agentes da 125ª DP, na localidade de Três Vendas e foi encaminhada para o sistema prisional na capital.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »