11/10/2021 às 13h35min - Atualizada em 11/10/2021 às 13h35min

CPI quer que Bolsonaro seja julgado em Haia por crimes contra a humanidade

Acusação deve constar do relatório do senador Renan Calheiros (MDB-AL)

BRASIL 247
Reprodução

A CPI da Covid pretende responsabilizar Jair Bolsonaro por crimes contra a humanidade, levando seu caso para o Tribunal Penal Internacional em Haia, na Holanda. "Integrantes da CPI da Covid se articulam para que uma cópia do relatório final da investigação parlamentar seja enviada ao TPI (Tribunal Penal Internacional), em Haia, na Holanda. Pretendem atribuir ao presidente Jair Bolsonaro condutas que, na avaliação deles, configuram crime contra a humanidade, um tipo penal avaliado pela Justiça internacional", informa o jornalista Marcelo Rocha, em reportagem publicada na Folha.

"A insistência em tratamentos sem eficácia (o que contribuiu para o elevado número de vítimas da pandemia, mais de 600 mil), o atraso na vacinação e a desassistência aos povos indígenas são algumas das acusações. Levada adiante, avaliam senadores, a estratégia de acionar o TPI tem potencial para ampliar o desgaste à imagem de Bolsonaro no mundo, ainda que não produza resultados jurídicos", diz ainda o jornalista.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »