15/10/2016 às 18h27min - Atualizada em 15/10/2016 às 18h27min

Ao lado de Taques e WS, homem agride assessor tucano

Imagens que circulam pelas redes sociais foram captadas na apuração dos votos no 1º turno

LEONARDO HEITOR
FOLHAMAX
Reprodução

Um vídeo que circula pelas redes sociais mostra um homem não identificado derrubando um assessor da equipe do PSDB durante a apuração dos votos no primeiro turno das eleições municipais, realizadas no último dia 2 de outubro.

Por pouco, o governador Pedro Taques (PSDB) e o deputado Wilson Santos (PSDB) não foram atingidos.

O vídeo mostra a chegada do candidato a prefeito ao lado do governador e outros membros da equipe e campanha ao Centro de Eventos do Pantanal, ponto de concentração do TRE para a totalização dos votos. 

Em seguida, aos gritos, o homem, exaltado, afirma que quer ir embora do local, chamando a atenção das pessoas em volta. “Com licença, quero sair daqui, dessa p....”, diz o homem.

Ele segue em direção ao grupo e praticamente “atropela” a equipe tucana, derrubando um dos assessores e deixando assustado o governador e o candidato a prefeito pelo PSDB. 

A Polícia Militar foi atrás do homem, que afirmou ter levado um soco de Wilson Santos. A todo momento, ele negou a intenção de agredir, alegando que queria apenas ir embora. “O povo do Wilson Santos não me deixou. Eu quero ir embora”.

Exaltado, o homem continua os gritos, gesticulando bastante e querendo chamar atenção dos presentes. “Será que o meu direito de ir embora não é preservado neste País?”.

Um dos presentes alega que ele agrediu um dos assessores. O homem nega e depois afirma que foi agredido por Wilson.

“Wilson Santos me deu um murro porque eu queria ir embora. E agora o aparato do Estado quer me prender”, afirma ele, para ir embora logo em seguida.

Veja o vídeo da confusão:

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »