17/10/2016 às 13h08min - Atualizada em 17/10/2016 às 13h08min

Câmara dos Deputados sofre interdição após ameaça de bomba no Salão Verde

Bloqueio aconteceu após uma ligação anônima, feita por um telefone público de São Paulo; segundo a polícia, local foi vasculhado e nada foi encontrado

iG
Sessão na Câmara dos Deputados analisa a votação da PEC dos gastos públicos (Alex Ferreira / Câmara dos Deputados - 10.10.2016)

O Salão Verde do prédio da Câmara dos Deputados, em Brasília, foi interditado por cerca de 20 minutos pela Polícia Legislativa, nesta segunda-feira (17), devido a uma ameaça de bomba de local. Após uma varredura completa, o acesso já foi liberado.

O bloqueio aconteceu após uma ligação anônima, feita por um telefone público de São Paulo ao gabinete da Polícia Legislativa. Segundo Paul Deeter, o chefe da Polícia Legislativa da Câmara, o número foi rastreado e casos como esse "acontecem com muita frequência". "Não vamos transformar uma coisa pequena em algo grande", afirmou.

"A ameaça foi feita sem fundamento nenhum. A pessoa disse 'vai ter uma bomba' e desligou o telefone", disse Deeter. "Falaram que seria especificamente no Salão Verde, a gente já fez a varredura completa do Salão Verde, inclusive com equipamento, e não tem absolutamente nada", continuou.

O Salão Verde é uma das áreas mais importantes do prédio da Câmara, por onde os parlamentares acessam o plenário da Câmara.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »