19/10/2016 às 18h45min - Atualizada em 19/10/2016 às 18h45min

Funcionário é assassinado após denunciar furtos em fazenda de prefeito em MT

Radio Pioneira
O corpo da vítima, Pedro Merchol, de 58 anos, estava enterrado próximo ao local do homicídio, há cerca de 70 km de Santo Afonso.

O Delegado de Polícia Dr. Carlos Frederico, que atende as Delegacias de Polícia de Arenápolis, Nortelândia, Nova Marilândia e Santo Afonso está cuidando do caso. Em entrevista ele relatou que nesta terça-feira (18) o Prefeito de Nova Marilândia, Wener Santos registrou um Boletim de Ocorrência relatando um furto em sua propriedade rural localizada na região da Pecuama.

“Segundo o Prefeito, seu funcionário Pedro Merchol, 58 anos teria lhe avisado que chegou na propriedade e encontrou a porta da casa arrombada e que teriam sido subtraídos alguns objetos da propriedade. Os policiais Civis conversaram com ele, que informou que levaram objetos como lanterna, rádio e outros”, conta o Delegado.

Após algumas diligências, os policiais chegaram em um barraco de sem terras, onde havia três pessoas. Um dos indivíduos fugiu ao notar a chegada da polícia. “Foi verificado ali que o elemento que fugiu adentrando a mata foi o mesmo que furtou a propriedade do prefeito, devido ao rastro do chinelo coincidir com os rastros encontrados na sede da fazenda”, disse o Dr. Carlos.

Como não conseguiram encontrar o suspeito, os policias retornaram à Delegacia de Arenápolis. Já na noite de ontem, por volta das 21:30 uma pessoa ligou na Delegacia informando que duas pessoas haviam matado o funcionário do Prefeito utilizando-se de uma arma de fogo. “Imediatamente nós da Polícia Civil e a Polícia Militar nos dirigimos até ponto indicado, distante cerca de 70 km de Santo Afonso, mas em função de ser noite não conseguiram localizar o corpo. Foram encontrados boné e o calçado da vítima. Hoje por volta de 10:40 conseguimos localizar o corpo do Sr. Pedro enterrado próximo ao local onde foram realizadas as buscas na noite de ontem”, relata o Delegado de Polícia.

A vítima apresenta sinais de violência na cabeça. Os suspeitos do crime foram identificados com Aldair de Pontes Silva e um menor de idade, os quais encontram-se foragidos. “Estes mataram Pedro provavelmente por vingança por ele ter procurado a polícia para comunicar o furto. Inclusive, os suspeitos são moradores de Tangará da Serra”.

A Polícia está ouvindo testemunhas e instaurando inquérito para apurar melhor os fatos.

Indagado sobre possível relação com conflitos agrários na região, o Delegado disse que por enquanto a hipótese para a motivação do crime é outra. “Há uma invasão de terra na região de Santo Afonso, mas este crime não teve relação com isso. Os suspeitos são invasores na área, teriam realizado o furto e provavelmente ficaram com raiva do Sr. Pedro por ele ter denunciado à Polícia. Claro que durante as investigações vamos esclarecer se houve algum outro motivo”, afirmou.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »