22/10/2016 às 00h00min - Atualizada em 22/10/2016 às 00h00min

Em noite de pênaltis e expulsão, Luverdense derrota o Náutico de virada no Passo das Emas

Só Notícias
Reprodução

O Luverdense acaba de derrotar, por 2 a 1, o Náutico, no estádio Passo das Emas, em partida válida pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O resultado deixa a equipe mato-grossense em 10º lugar, com 46 pontos, a 6 pontos da zona de classificação para a Série A. O Náutico caiu na tabela e ocupa o 5º lugar, com 51 pontos.

O próximo jogo do Luverdense será na terça-feira (25), contra o Oeste, na Arena Barueri (SP). O próximo compromisso do Náutico será na sexta-feira (28), contra o Atlético Goianiense, na Arena Pernambuco, em Recife (PE).

O jogo – A partida começou movimentada no Passo das Emas. Logo aos 9 minutos, Ricardo chegou atrasado no lance e derrubou Bergson dentro da grande área. O árbitro enxergou falta no lance e anotou pênalti para o Náutico. Na cobrança, o próprio Bergson deslocou o goleiro do Luverdense e abriu o placar.

Com o revés, o alviverde saiu para o ataque. Aos 14, Rafael cabeceou e Rodolpho defendeu à queima roupa. Na sequência, Alfredo também cabeceou e, mais uma vez, o goleiro do Timbu defendeu. Na cobrança de escanteio, aos 15, Everton subiu mais que a zaga e jogou perto do gol. O jogo caiu de produção nos minutos seguintes e não houve oportunidades claras de gol.

A partida recomeçou após o intervalo em ritmo intenso. Logo aos 3 minutos, Baggio tocou para Raul prata, que cruzou para Rafael. O atacante cabeceou com perigo e quase empatou a partida para os donos da casa. Aos 7, Alfredo cruzou a bola e, por muito pouco, Baggio não completou para a meta adversária. O Luverdense seguiu pressionando. Aos 9, Prata chutou forte de longe. Rodolpho espalmou e, no rebote, Rafael jogou para fora.

O goleiro do Náutico, até então bem na partida, acabou possibilitando a chance de empate que o LEC queria. Alfredo entrou na área e o arqueiro acabou derrubando o atleta do alviverde. O árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Alfredo também deslocou o goleiro adversário e empatou o jogo.

O gol “acordou” a equipe visitante. Aos 12, João Ananias pressionou e quase alcançou sobra do goleiro Diogo Silva. O LEC respondeu aos 15, com Patrick, que recebeu bola de Baggio e chutou para a defesa de Rodolpho. Aos 16, nova oportunidade para os donos da casa. Após cruzamento, Alfredo cabeceou e o goleiro visitante fez ótima defesa. O Náutico teve chance aos 20, com Bergson, que, cara a cara com Diogo Silva, errou o gol.

Quando o jogo parecia ter esfriado, Rodolpho falhou em jogada aérea, aos 36. A bola sobrou para Alfredo, que, sozinho, completou para o gol e virou o placar. Logo em seguida, aos 42, Abner levou o segundo cartão amarelo e deixou a equipe de Lucas com uma menos nos minutos finais. A vantagem numérica, no entanto, não foi suficiente para o Náutico conseguir o empate. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »