22/10/2016 às 18h11min - Atualizada em 22/10/2016 às 18h11min

Adolescente confessa ter matado taxista com quatro tiros à queima roupa; vídeo

Wesley Santiago
Foto: Reprodução
Um dos cinco adolescentes apreendidos pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Sinop (477 km de Cuiabá), na sexta-feira (21), confessou ter sido o autor dos disparos que mataram o taxista Ozeias Duarte, 40 anos, em Colíder (634 km de Cuiabá), ocorrido na terça-feira (18).
 
Conforme as informações do Só Notícias, os delegados Carlos Eduardo Muniz, da DHPP de Sinop e Ruy Guilherme, de Colíder, informaram que um dos adolescentes confessou ter atirado no taxista. “Ainda precisamos saber os detalhes deste delito [homicídio] e saber se houve alguma rixa entre os acusados e a vítima”, disse Ruy Guilherme.
 
“A Polícia Civil estará trabalhando para saber a participação de cada um dos envolvidos. O que podemos adiantar é que um dos menores confessou ser o atirador”, acrescentou o delegado de Colíder. Com eles, também foi apreendida uma pistola 9 milímetros. A principal hipótese é a de que ela teria sido utilizada no assassinato do taxista.

O taxista Oseas Duarte, 41 anos, foi executado na tarde da última terça-feira (18), próximo ao terminal rodoviário da cidade de Colíder. Conforme testemunhas, o suspeito abordou a vítima e atirou pelas costas. Ao todo, a vítima foi atingida por quatro disparos de arma de fogo.
 
Segundo as informações, o taxista estava próximo ao terminal quando foi abordado pelo criminoso. Ele chegou por trás da vítima e disparou entre cinco e sete vezes. Quatro tiros acertaram a vítima. O taxista recebeu os primeiros socorros de uma unidade do Corpo de Bombeiros e chegou a ser transferido para o Hospital Regional do município.
 
Porém, Oseas morreu logo depois de receber os primeiros atendimentos na unidade de saúde, por volta das 17h30. Imagens de uma câmera de segurança flagraram o momento do crime.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »