24/10/2016 às 18h01min - Atualizada em 24/10/2016 às 18h01min

Polícia do Rio autua corintianos e mantém 31 detidos

Gazeta Esportiva
Foto: André Fabiano/Código19 / Gazeta Press

A polícia Civil do Rio de Janeiro informou que 31 torcedores do Corinthians continuam detidos após a confusão no Maracanã, que aconteceu neste domingo antes da partida contra o Flamengo, válida pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, segundo informações do SporTV.

Após o jogo, 64 corintianos foram presos na saída do estádio. Deste total, 22 foram liberados horas depois do ocorrido, pois foi constatado que não tinham envolvimento na confusão. Outros onze indivíduos foram liberados nesta segunda, porém, foram autuados por causar tumulto em eventos esportivos, crime que prevê pena máxima de dois anos e, por isso, assinaram um termo de compromisso em comparecer à Justiça caso seja necessário.

Os 31 torcedores que permanecem detidos foram autuados em flagrante pelos crimes de lesão corporal e agressão, dano qualificado, resistência qualificada, promoção de tumulto em eventos esportivos e associação criminosa, e serão encaminhados para audiência de custódia. A polícia ressaltou que a decisão do juiz não será a mesma para todos os envolvidos, que serão analisados individualmente. Ademais, a polícia do Rio ainda será ouvida.

O conflito teve início antes do início do jogo entre Flamengo e Corinthians, que resultou em empate por 2 a 2. Torcedores de ambos os times tentavam iniciar luta corporal e, após envolvimento e confronto com a polícia, a confusão foi contida. A diretoria do Corinthians saiu em defesa dos torcedores ainda no domingo, quando emitiu um comunicado oficial em repúdio à atitude da Polícia Militar.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »