07/10/2016 às 18h48min - Atualizada em 07/10/2016 às 18h48min

Oito detentos fazem túnel e fogem de cadeia em Mato Grosso

A fuga dos detentos foi percebida pelos agentes, hoje, por volta das 5h30. Em buscas aos reeducando foi localizado um túnel que ligava o interior da cela ao pátio da unidade.

Só Notícias
(foto:divulgação)

A fuga foi na cadeia do município de Rosário Oeste (130 quilômetros de Cuiabá), esta madrugada. Segundo informações dos agentes penitenciários que estavam de plantão, os presos conseguiram quebrar a estrutura de uma das celas, cavaram um túnel e saíram na área externa. Em seguida, pularam o muro da unidade.

A fuga dos detentos foi percebida pelos agentes, hoje, por volta das 5h30. Em buscas aos reeducando foi localizado um túnel que ligava o interior da cela ao pátio da unidade. Fora da cela, os fugitivos usaram uma escada para pular o muro e o auxílio de um colchão para passar pela cerca elétrica que circunda toda a cadeia.

De acordo com informações da assessoria de imprensa do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (SINDSPEN-MT), a cadeia do município funciona sem a estrutura mínima necessária para garantir segurança, sem torre na muralha para fazer a guarda, contando apenas com dois agentes penitenciários no plantão. As câmeras de monitoramento que foram adquiridas pelos próprios servidores, por meio de parceria com a sociedade, se encontram queimadas.

O presidente do sindicato, João Batista, disse que com apenas dois agentes por plantão, sem estrutura e monitoramento é praticamente impossível fazer uma guarda com segurança e evitar fugas. "A falta de estrutura e a falta de efetivo não é mais novidade para ninguém. Esses valorosos guerreiros trabalham duro para a manter a ordem e guardar a unidade com responsabilidade, temos cobrado duro da gestão do governador Pedro Taques desde do início do mandato, porém, ainda não tivemos sucesso".

A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) ainda não se pronunciou sobre a fuga e as reclamações do sindicato.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »