24/10/2016 às 20h05min - Atualizada em 24/10/2016 às 20h05min

Deletran investiga acidente que vitimou família de servidor da PJC na BR 364

Mizael Duarte
Página Press
Caminhão pegou fogo e carro ficou completamente destruído (Foto: André Guerra/ PRF-MT)

As circunstâncias do acidente que vitimou quatro pessoas (sendo três fatais) na manhã desta segunda-feira (24) na BR 364, com destino a Jangada, serão apuradas pela Delegacia Especializada de Trânsito (Deletran). O condutor da carreta, que se chocou frontalmente com o veículo de passeio onde estava a família, foi conduzido para a unidade policial a fim de prestar esclarecimentos sobre o acidente.

De acordo com o delegado titular, Jefferson Dias Chaves, o acidente aconteceu por volta das 9h40, no Km 464, cerca de 15 km após o trevo do lagarto em Várzea Grande, envolvendo colisão frontal entre a carreta, carregada com adubo e que veio a tombar na pista e se incendiar, e o veículo Corola. O motorista do caminhão conseguiu escapar sem ferimentos.

No veículo de passeio havia quatro passageiros, sendo dois adultos e dois bebês de aproximadamente 2 meses de idade. A mulher, Elaine Arantes Greselle, servidora do Departamento de Trânsito (Detran) conduzia o carro no momento da colisão e morreu na hora. O marido, Marcionílio Lopes Soares (servidor administrativo da Polícia Civil) e o menino foram conduzidos à unidade hospitalar em Várzea Grande, mas veio a óbito. A menina permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Nota de falecimento

A Polícia Judiciária de Mato Grosso lamenta a morte do servidor da Instituição que atuava como analista de desenvolvimento junto à Gestão de Pessoas na Diretoria Geral da PJC, em Cuiabá. À oportunidade enleva votos de solidariedade a familiares e amigos.

O servidor é apontado por seus colegas como um profissional ético, sério e comprometido com o trabalho da Polícia Civil.

Detalhes referente a velório e sepultamento serão divulgados em breve.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »