26/10/2016 às 11h46min - Atualizada em 26/10/2016 às 11h46min

Prefeito expõe maquinários em frente à Câmara Municipal para forçar aprovação de Projeto de Lei

Jornal Oeste
Reprodução
O Prefeito de Araputanga Sidney Pires Salomé (PMDB) expôs na tarde de segunda-feira, dia 24, os maquinários da Prefeitura em frente  ao prédio da Câmara Municipal, com o objetivo de forçar a aprovação do Projeto de Lei nº 1.445, que dispõe sobre remanejamento de dotação orçamentária, destinado a custear despesas com recursos do Fethab.

Conforme o artigo primeiro do Projeto, o  Executivo Municipal pediu autorização para criar no Orçamento Geral do Município crédito adicional especial no valor de 127.831,12 (Cento e vinte e sete mil, oitocentos e setenta e três reais e doze centavos), para aquisição de material de consumo e pagamento da empresa que realizou trabalhos de lama asfáltica na cidade).

De acordo com informações do presidente interino da Câmara Municipal, Hemerson Benvenuti, o Projeto foi protocolado no dia 22 de setembro e encaminhado para as comissões para análise. Benvenuti apresentou cópias de dois projetos já aprovados para o mesmo objetivo

O Projeto de Lei nº 1.431, no valor de R$ 230 mil aprovado em julho e o projeto de nº 1.444, no valor de R$ 100 mil aprovado em Agosto.

"Os vereadores pediram vista ao projeto que foi encaminhado para as comissões e querem saber qual a medição da obra, qual a empresa vencedora do pregão e o valor total da mão de obra dessa empresa", disse que ainda estão aguardando as informações que não foram encaminhadas pelo Executivo à Câmara Municipal.

O presidente interino da Câmara observou ainda que os vereadores integrantes da comissão tem o período regimental de 45 dias para analisar o projeto. "A tarde foi feita uma reunião interna na Câmara e a maioria decidiu por não colocar em pauta o projeto", afirmou. 

Por telefone, o prefeito Sidney Salomé informou que a sua pretensão é que os vereadores coloquem o projeto em pauta para votação. "Acho que tem que ter o consenso, de que, já que é o projeto é de interesse popular tem que ser também de interesse da própria Câmara e não só do prefeito", disse que os maquinários vão permanecer em frente à Câmara Municipal até que o projeto seja colocado em pauta para votação.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »