26/10/2016 às 16h54min - Atualizada em 26/10/2016 às 16h54min

Preso em Rondonópolis um dos maiores estelionatários do Estado

Mizael Duarte
Página Press
Celso Luiz Damas, 38 anos e Adilson Clugg, 35 anos- Foto: Ronaldo Teixeira/AGORAMT

A Polícia Judiciária Civil de Rondonópolis (212 km ao Sul) prendeu no final da tarde de terça-feira (25) dois criminosos por força de cumprimento de mandados de prisão. Um dos detidos é Adilson Clugg, apontado como um dos maiores estelionatários do Estado, que possui dezenas de registros criminais em 11 cidades diferentes.

Apenas no município de Rondonópolis, Adilson é investigado por estelionatos envolvendo a compra de 03 veículos usando cheques fraudados ou roubados, com um prejuízo estimado em cerca de R$ 52 mil.

O preso possui um vasto histórico criminal na prática estelionatária nas cidades de Itiquira, Ribeirão Cascalheira, Arenápolis, Terra Nova do Norte (incluindo ainda roubo majorado e abandono material), Colíder, Nova Monte Verde, Jaciara, Sorriso, Alta Floresta e Sinop.

A segunda prisão, efetuada pelos policiais civis da DERF, foi em desfavor de Celso Luiz Damas, também por estelionato em ordem judicial expedida pela Comarca Criminal de Rondonópolis.

O delegado de polícia Gustavo Colognesi Belão afirma que o próximo passo será entrar em contato com outras comarcas judiciais e circunscrições policiais nas cidades onde os criminosos também fizeram vítimas.

“A comunicação com estas unidades possibilitará dar maior agilidade às conclusões das investigações que foram abertas para apurar os fatos, especialmente em relação aos diversos golpes aplicados pelo suspeito Adilson Clugg”, avalia o delegado.

Os dois presos foram conduzidos à unidade prisional (Mata Grande) onde ficarão à disposição do Judiciário.

Recuperação de carreta

Em outra ação, também desenvolvida pela DERF de Rondonópolis, houve a recuperação de uma carreta com sinais de adulteração, estacionada em um posto de combustível às margens da BR 163. Após checagem e perícia constatou-se que o veículo Volvo era produto de roubo.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »