26/10/2016 às 17h52min - Atualizada em 26/10/2016 às 17h52min

Fortes terremotos voltam a atingir região central da Itália

Ainda não há informações sobre danos ou vítimas, mas inúmeras ligações foram registradas para o Corpo de Bombeiros das cidades atingidas

ANSA
Divulgação
Um terremoto de magnitude 6,4 na escala Richter atingiu novamente a região central da Itália, perto da cidade de Visso, nesta quarta-feira (26/10), duas horas após um primeiro tremor avaliado em 5,4 graus. As áreas atingidas ficam próximas ao local de um sismo de 6,2 graus que deixou quase 300 mortos em agosto. Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos o tremor mais forte aconteceu por volta das 21h18 (17h18 em Brasília) e foi sentido na capital italiana, Roma.

Os abalos foram sentidos tanto na região de Marcas como na província de Rieti – com a cidade de Pescara del Tronto sendo atingida – e em Assis, Perugia , Roma e Ascolano. Ainda não há informações sobre danos ou vítimas, mas inúmeras ligações foram registradas para o Corpo de Bombeiros das cidades atingidas.

O epicentro do tremor ocorre próximo à região que foi devastada por um sismo no dia 24 de agosto deste ano, que deixou 298 mortos em Amatrice, Accumoli, Pescara e Arquata del Tronto, todas das províncias de Marcas e Rieti.

Amatrice

O terremoto desta quarta está “ligado” ao tremor ocorrido no dia 24 de agosto, que devastou diversas cidades e causou 298 mortes, informou o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV).

“Esse terremoto está de alguma maneira ligado àquele do dia 24 de agosto em Amatrice. Ele está, de fato, em uma área muito ativa. Trata-se, provavelmente, da ativação de uma nova falha”, contou Amato. Naquele dia, um tremor de 6 graus na escala Richter – e milhares de réplicas depois – devastou as comunas de Amatrice, Accumoli e Pescara del Tronto, que ficam na mesma região do tremor de hoje.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »