30/10/2017 às 01h36min - Atualizada em 30/10/2017 às 01h36min

Por que o rabo da lagartixa mexe mesmo depois de cair (e depois se regenera)?

LUIZ FELIPE SILVA
MATT JEPPSON/SHUTTERSTOCK

Você já viu uma lagartixa sem rabo? Muito provavelmente, esta da foto é a primeira - e a última. Pode até acontecer que ela tenha sua cauda cortada, mas em pouco tempo um novo rabo estará no lugar. E mais curioso ainda: a cauda cortada pode se mexer por minutos até parar de vez, como um corpo morto. E por que isto ocorre?

Primeiro, um aviso: não corte o rabo de uma lagartixa como teste! Até porque talvez nem seja preciso: o réptil tem um mecanismo de defesa que abre mão de sua cauda por livre e espontânea vontade quando o animal sente que está em perigo. E é este mecanismo que explica porque o rabo continua se mexendo.

Por que o rabo da lagartixa continua mexendo?

A lagartixa tem desde o nascimento uma conexão em um ponto específico que une o rabo ao resto do corpo. Quando está ameaçada, ela fratura essa região de tal forma que o rabo se desprenda, sem causar dor ao bicho. A tática não poderia ser mais precisa: o rabo continua se movendo como uma forma de enganar o predador, que tende a se concentrar no alvo mais fácil (a cauda que, embora esteja se mexendo, não sai do lugar) do que no alvo mais difícil (a lagartixa que foge de seu algoz).

Regeneração da cauda

Depois de se acomodar em local seguro, a lagartixa começa o processo de regeneração de seu rabo, período que leva, em média, três semanas. Mas, desta vez, será uma cauda menor e sem ossos; a pele, os nervos e músculos voltam ao normal.

Caso a lagartixa tenha tido o rabo cortado, aí, sim, o episódio gera dor ao animal, mas a recuperação é completa: seu rabo volta ao tamanho original.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »