23/11/2017 às 20h26min - Atualizada em 23/11/2017 às 20h26min

Mulher é acusada de ter tentado matar Obama e governador do Texas

A texana Julia Poff, 46 anos, enviou pacotes de bombas disfarçados de presentes aos líderes do estado e do país

NOTÍCIAS AO MINUTO
© Larry Downing/Reuters

Documentos de casos arquivados em um tribunal de Houston (EUA), divulgados nesta quinta-feira (23), acusam a texana Julia Poff, 46 anos, que teria tentado matar o ex-presidente do país Barack Obama e o governador do Texas, Greg Abbott. Presentes enviados pela suspeita seriam bombas de fabricação caseira.

De acordo com informações do G1, Abbott chegou abrir um dos pacotes. O que salvou a vida do governador foi a maneira como embalagem foi aberta, segundo a acusação. Um terceiro pacote, direcionado para a Administração do Seguro Social, não foi mexido. O caso aconteceu em outubro de 2016, antes das eleições.

A motivação do envio dos pacotes explosivos, que incluíam um maço de cigarros e uma tampa de pote, seria porque a mulher estaria indignada com as administrações federal e estadual e teve negada uma subvenção oficial, além de um problema com o pagamento de uma pensão.

Pistas

A polícia chegou até a mulher depois que detetives descobriram que o maço de cigarro enviado nos pacotes foi adquirido em um posto de gasolina perto da casa de Poff. A tampa era de um pode um pote de um molho para saladas que a suspeita teria comprado para um "jantar de aniversário".

A constatação final foi o pelo em um dos rótulos de um dos pacotes que pertencia a um dos gatos de Julia. Na casa dela, mais provas. A corporação encontrou grande quantidade de fogos de artifício e pólvora. Ela responderá por tentativa de magnicídio (assassinato de uma pessoa ilustre), além de ser acusade de fraude ao se declarar em falência e pela venda de suplementos nutricionais falsos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »