01/02/2018 às 12h37min - Atualizada em 01/02/2018 às 12h37min

Homem descobre câncer e morre três semanas após ganhar R$ 3 milhões na loteria

O americano Donald Savastano usou o prêmio da loteria para ir ao médico, quando descobriu estar com a doença, no cérebro e pulmões, em estágio IV

Por IG
Reprodução/The Independent Donald Savastano ganhou um milhão de dólares na loteria, porém, logo descobriu estar com câncer e morreu

Ganhar na loteria é um sonho na vida de algumas pessoas e, algumas delas, apostam várias vezes durante a semana até que, um dia, faturam um dinheiro milionário e vivem anos sem problemas financeiros. Esta poderia ser a história do americano Donald Savastano, que ganhou cerca de R$ 3 milhões na New York Lottery, mas uma descoberta trágica mudou tudo poucas semanas depois.

O americano, aos 52 anos, descobriu um câncer em estágio terminal e morreu neste fim de semana, três semanas após ganhar na loteria . De acordo com o The Independent, um amigo próximo relatou que ele não estava se sentindo bem há algum tempo, mas era autônomo e não tinha plano de saúde e, por isso, não procurou um médico.

Quando ganhou um milhão de dólares, Savastano decidiu ir até um hospital para investigar o que estava acontecendo com o seu corpo, e assim descobriu a doença, já em estágio terminal. “Ele tinha um amigo que veio falar comigo e me contou que o ganhador estava muito doente, com câncer no cérebro e nos pulmões”, disse Danielle Scott, quem vendeu o bilhete premiado.

Nascido no distrito do Queens, em Nova York, Savastano era um carpinteiro muito popular na região. “Ele era conhecido por seu trabalho de alta qualidade e perfeccionismo”, diz seu obituário. “Sempre tentava ajudar quem podia e os ensinava ‘o jeito certo de fazer as coisas’”.

Planos para o dinheiro 

Savastano, que foi entrevistado pela emissora WBNG logo após receber o prêmio, dizia ter muitos planos para o dinheiro . Ele queria comprar um caminhão novo, quitar algumas dívidas e também guardar parte do dinheiro para o futuro.

Todos os seus planos, porém, foram interrompidos pela descoberta da grave doença. O homem passou alguns dias hospitalizado, mas foi liberado e faleceu em casa, na presença de sua mãe, duas irmãs e quatro irmãos.

Agora, sua família planeja doar o dinheiro ganho na loteria para a American Cancer Society, uma organização voluntária que atua em prol dos pacientes vítimas da doença em todas as regiões dos Estados Unidos.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »