01/02/2018 às 22h17min - Atualizada em 01/02/2018 às 22h17min

Veja as 10 contratações mais impactantes da janela europeia

Segundo o Transfermarkt, site especializado em transferências de atletas no futebol, a Alemanha foi o país europeu que mais negociou jogadores na janela

Correio Braziliense
A janela de transferências das principais ligas da Europa fecharam nessa quarta-feira (31/1). Diferente das demais janelas de janeiro, a desta temporada foi repleta de grandes reforços e transações milionárias.
 
Segundo o Transfermarkt, site especializado em transferências de atletas no futebol, a Alemanha foi o país europeu que mais negociou jogadores na janela: 2612 atletas, movimentando quase 170 milhões de euros. O país que mais gastou foi a Inglaterra, com mais de 725 milhões de euros em 708 negociações.
 
Porém, em meio a várias transferências, o Correio elegeu as 10 movimentações mais impactantes do mercado do Velho Continente. Veja:

10. Mascherano

 
Tetracampeão espanhol e bicampeão da Liga dos Campeões da Europa, o volante Javier Mascherano deixou o Camp Nou nessa janela. Após quase uma década no Barcelona, ele é o novo jogador do Hebei Fortune, da China, que pagou 5,5 milhões de euros (mais de R$ 21 milhões) pelo passe do argentino. No futebol chinês, ele será companheiro de clube de Gervinho, Hernanes e Lavezzi, por exemplo.

9. Iñigo Martínez

 
O zagueiro era um dos principais nomes do time da Real Sociedad, onde jogava desde 2011. Porém, o maior rival do clube basco, Athletic de Bilbao, levou o jogador ao pagar a multa rescisória de 32 milhões de euros, quase R$ 127 milhões na cotação atual. O contrato do defensor vai até dezembro de 2023 e ele chega para o lugar de Laporte, novo jogador do City.
 

8. Rafinha

 
Com pouco espaço no Barcelona, o brasileiro Rafinha Alcântara foi emprestado para a Inter de Milão até junho de 2018. O clube italiano terá a opção de compra por € 35 milhões (R$ 136,7 milhões), mais € 3 milhões (R$ 11,7 milhões) em variáveis, que deverá ser confirmado antes do término da temporada. Ele será companheiro do brasileiro Miranda, nome certo na Copa do Mundo da Rússia.

7. Lucas

 
O brasileiro estava sendo pouco aproveitado no Paris Saint-Germain. Inclusive, durante toda a temporada atual, o meia-atacante não esteve em campo em 90 minutos, somando todas suas participações. O Tottenham, da Inglaterra, pagou R$ 28,4 milhões de euros, mais de R$ 112 milhões para contar com o jogador. Apresentado na terça (31/1), deve ser mais utilizado no novo clube.

6. Giroud

O atacante francês Olivier Giroud não saiu de Londres, mas mudou de clube. Ele deixou o Arsenal para fechar com o Chelsea, outro clube da capital inglesa. No novo time, ele disputa posição com o espanhol Álvaro Morata. Para sacramentar a contratação de Giroud, os azuis gastaram 17 milhões de euros, R$ 67,3 milhões na cotação atual.

5. Laporte

Como já mostramos, o Athletic de Bilbao precisou ir ao mercado para contratar um zagueiro, após perder Aymeric Laporte para o Manchester City. O zagueiro, de 23 anos, custou 65 milhões de euros para os cofres do time de Pep Guardiola, o que representa R$ 254 milhões. Essa foi a maior quantia que o clube já pagou por qualquer jogador na história.

4. Van Dijk

 
Ainda no fim de 2017, o Liverpool assustou o mercado ao anunciar o zagueiro Virgil van Dijk. A contratação do zagueiro foi a 9ª mais cara da história e a maior envolvendo jogadores de defesa. O time da terra dos Beatles pagou 84 milhões de euros (R$331 milhões) ao Southampton. Logo na estreia, foi dele o gol que eliminou o arquirrival Everton da Copa da Inglaterra.

3. Aubameyang

 
O gabonês Pierre-Emerick Aubameyang, artilheiro do Campeonato Alemão na última temporada com 31 gols, deixou o Borussia Dortmund e fechou com o Arsenal. Os gunners pagaram 63.7 milhões de euros para o time alemão, quase R$ 252 milhões, um valor recorde para o clube inglês. Aubameyang assinou um contrato de cinco anos.

2. Alexis Sánchez

 
O atacante Alexis Sánchez foi outro jogador a trocar de casa na Inglaterra. Ele deixou o Arsenal e acertou com o Manchester United, de Mourinho. Os clubes entraram em acordo de uma troca envolvendo o chileno e o meia armênio Mkhitaryan, que fez o caminho inverso. Vale frisar que, assim como a Seleção Chilena, o jogador está fora da Copa do Mundo de 2018.

1. Philippe Coutinho

 
A contratação mais comentada da janela de transferências de janeiro foi a do brasileiro Philippe Coutinho pelo Barcelona. Para contar com o ex-jogador do Liverpool, o clube catalão pagou 120 milhões de euros, mais de R$ 474 milhões, segunda maior contratação da história do futebol. Titular da Seleção Brasileira de Tite, o jogador sonhava com o Barcelona desde a última janela de transferências.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »