29/10/2016 às 07h43min - Atualizada em 29/10/2016 às 07h43min

Buscando reviravolta, Hamilton é o mais rápido em TL1 no México

Britânico cravou seu melhor tempo em 1m20s914, superando Nico Rosberg que foi apenas o sétimo. Os brasileiros não se saíram muito bem, com Felipe Massa em 9º e Nasr apenas o 17º

POSTED BY: RAFAEL URZEDO
Lewis Hamilton foi o piloto mais rápido na primeira sessão de treinos livres para o GP do México de Fórmula 1.

mais rápido nesta manhã de sexta-feira (28), na primeira sessão de treinos livres para o GP do México. O britânico cravou seu melhor tempo em 1m20s914, seguido pelas Ferraris de Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen. Na briga pelo título, Rosberg foi apenas o sétimo mais rápido, 0s759 atrás de seu companheiro de equipe. Entre os brasileiros, Felipe Massa ficou com o 9º melhor tempo e Nasr o 17º.

O início do TL1 começou com os pilotos reconhecendo o novo asfalto do Autódromo Hermanos Rodriguez. Reconfigurado no ano passado, a pista mexicana estava muito suja na primeira metade do treino livre, fazendo com que os pilotos levantassem muita poeira em suas voltas, prejudicando, assim, a aderência dos carros à pista.

conduzir o TL1 de uma maneira mais conservadora, logo foi superado pelo seu companheiro de equipe. Em seguida, ambas as Ferraris também superaram o alemão, que ainda viu a dupla da Force India surpreender com os compostos supermacios e terminarem à sua frente.

Como citado, a surpresa ficou por conta da Force India. Sergio Pérez, querendo mostrar serviço na frente de sua torcida, optou por uma estratégia mais ousada e tratou logo de testar os compostos supermacios, que funcionaram e renderam o quarto melhor tempo para o mexicano (1m21s200). Hulkenberg veio logo atrás, também usando os supermacios, e cravou seu melhor tempo em 1m21s409.

A Williams, como de costume, procurou não exigir muito de seus pilotos durante o TL1. Tanto Felipe Massa quanto Valtteri Bottas iniciaram a sessão com os pneus médios, mas trataram logo de trocá-los para os macios, sofrendo um pouco com o asfalto do México. No final, Bottas fez o sexto melhor tempo, cravando 1m21s447, enquanto Felipe Massa foi apenas o nono, com seu melhor tempo em 1m21s836.

Quem decepcionou nesta manhã de sexta-feira no México foi a dupla da Red Bull. Na segunda metade do TL1, o jovem Max Verstappen sofreu com um princípio de incêndio em seu RB12 e precisou abandonar os treinos mais cedo, ficando apenas com o 14º melhor tempo. O fogo começou quando Max retornou aos boxes com seus freios traseiros superaquecidos. Já Daniel Ricciardo cravou 1m21s727 e foi o oitavo.

A McLaren-Honda não andou bem mais uma vez. Pode ser que a equipe de Woking demonstre um progresso durante as qualificações mas, durante o TL1, Fernando Alonso fez apenas o 16º melhor tempo, com 1m23s089, utilizando os compostos médios. Já Button, mesclando a primeira metade da sessão com pneus macios e a segunda com os médios, foi apenas o 18º com o tempo de 1m23s342.

O treino também serviu para alguns pilotos testarem o dispositivo de segurança Halo. Pascal Wehrlein, da Manor Racing, foi o primeiro a sair dos boxes com o equipamento. Felipe Massa, Felipe Nasr, Sergio Pérez e Kevin Magnussen também optaram por testar o dispositivo, sendo o dinamarquês da Renault o que completou a volta mais rápida com o Halo.

A segunda sessão de treinos livres para o GP do México está marcada para acontecer ainda nesta sexta-feira, às 17h do horário de Brasília, com transmissão da SporTV.

Confira o tempo de todos os pilotos no TL1 no México:

treino-mexico

treino-mexico


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »