06/02/2018 às 00h00min - Atualizada em 06/02/2018 às 00h00min

Maluf: Taques e Fávaro vão reeditar chapa; Leitão vai ao Senado

"Segunda vaga" seria de Mauro Mendes ou Blairo Maggi, afirmou deputado estadual nesta segunda

Mídia News
CAMILA RIBEIRO
O deputado Guilherme Maluf que citou acordo para chapa do grupo Taques (Alair Ribeiro/MidiaNews)

O deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) afirmou que o governador Pedro Taques (PSDB) já “bateu o martelo” e sairá candidato à reeleição neste ano, reeditando a chapa que o levou ao Palácio Paiaguás, em 2015, tendo Carlos Fávaro (PSD) como candidato a vice.

A definição, segundo Maluf, ocorreu em um almoço realizado no último dia 3, em Cuiabá.

Na ocasião, também ficou definido que o grupo de situação terá o deputado federal Nilson Leitão (PSDB) como candidato ao Senado.

“Houve algumas reuniões, onde selamos essa nova propositura. O PSDB hoje tem um candidato a governador, que é o governador Pedro Taques, que vai à reeleição. Nós também temos o nosso futuro senador, Nilson Leitão. Já estou até profetizando”, disse.

“O Fávaro confirmou como candidato a vice e devemos ter uma vaga aberta ao Senado. Já temos esse entendimento fechado entre nós”, afirmou o deputado, em entrevista à Rádio Capital FM, na manhã desta segunda-feira (5).

Ainda de acordo com Maluf, existe até a possibilidade de uma troca entre Nilson Leitão e o ex-governador Jaime Campos (DEM), caso o primeiro não consiga viabilizar sua candidatura ao Senado.

“O Jaime tem um acordo político com o Nilson Leitão. Se o Nilson não se viabilizar, o Jaime manifestou interesse também em disputar uma vaga no Senado”, disse Maluf.

Vaga em aberto

Para o próximo pleito, estarão em jogo duas vagas ao Senado. A ideia do grupo situacionista é poder também “fechar” a chapa tendo como “segundo” candidato o ministro Blairo Maggi (PP) ou o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB).

“Existe esta vaga, que pode ser do Blairo, pode ser do Mauro. Não houve veto a nenhuma dessas duas pessoas. Até porque em alguns momentos o próprio Mauro se diz candidato e em outros não”, afirmou o deputado.

“Quanto ao Blairo, existe uma expectativa nacional do PP [de ele ser candidato a vice-presidente]. Muitas coisas coisa podem acontecer nos próximos meses. Mas já ajeitamos a casa de forma política, o que acho que seria o primeiro passo, isso o governador já arredondou com seus principais apoiadores”, concluiu Maluf.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »