07/02/2018 às 17h11min - Atualizada em 07/02/2018 às 17h11min

Ônibus que trafegarem fora da Faixa Exclusiva serão autuados

Redação
Reprodução

Os ônibus que trafegarem fora da Faixa Exclusiva na Capital serão autuados e multados, conforme a determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, mediante o decreto de nº 6.504, publicado no Diário Oficial de Contas, veiculado nesta terça-feira (06). A partir desta data, os motoristas do transporte coletivo que infringirem a lei serão penalizados em conformidade com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

“Ao longo de 2017 fizemos um extensivo período orientativo, a fim de que os condutores da cidade pudessem se adequar às normas da Faixa Exclusiva, para que tenhamos um trânsito com maior fluidez e segurança. Sem qualquer aplicação de multas no ano passado, alertamos os motoristas da Capital a contribuírem para uma mobilidade urbana melhor, através de blitze educativas e diversas ações de impacto. Tendo isso em vista, é fundamental que todos aqueles que trafegam pelas nossas ruas estejam atentos a esta normativa, que simplesmente reforça o artigo 185, I, já discriminado no nosso Código de Trânsito. A Prefeitura de Cuiabá quer que tenhamos uma harmonia plena em todas as vias e para que isso seja possível contamos com a colaboração dos nossos contribuintes, evitando a obstrução das faixas específicas, respeitando suas limitações para que todos tenham segurança ao se deslocarem para os seus destinos finais”, afirmou o chefe do Executivo.

Quando em movimento, o uso das demais faixas é terminantemente proibido para os coletivos, com exceção de situações emergenciais. Deixar o espaço destinado para os ônibus só é permitido quando for necessária a ultrapassagem, nos casos de embarque e desembarque de outro veículo. A infração em questão corresponde à categoria média, segundo o CTB, resultando em uma multa referente R$ 130,16, acarretando em quatro pontos na carteira de motorista. Para o secretário Municipal de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, a medida visa garantir a trafegabilidade de todos os condutores, permitindo que o respeito mútuo impere através do uso correto da faixas.

“Regulamentar o trânsito da nossa cidade é um dos aspectos mais importantes da gestão pública, pois sabemos que a fluidez é o que permitirá que nossos munícipes passem o menor tempo possível trafegando pelas ruas de Cuiabá. Queremos que todos cheguem aos locais desejados de maneira rápida e segura e isso só será possível se todos trabalharmos em uníssono por uma mobilidade melhor. A compressão a respeito das nossas limitações enquanto condutores vai garantir que ultrapassagens equivocadas e obstrução de faixas não ocorram. Isso fará com que carros, motos e veículos de grande porte convivam harmonicamente. Nosso objetivo não é aplicar punições de maneira deliberada, mas sim trabalhar constantemente para que a trafegabilidade seja uma realidade na cidade, independente do horário em que você possa estar circulando nas ruas”, concluiu.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »