08/02/2018 às 01h01min - Atualizada em 08/02/2018 às 01h01min

Chapecoense perde de novo para o Nacional e está fora da Libertadores

Gazeta Esportiva
Santiago Romero marcou o gol do Nacional em cima da Chape tanto no Brasil quanto no Uruguai (Foto: Miguel Rojo/AFP)

Não deu para o jovem time da Chapecoense. Com jogadores de pouca experiência internacional no futebol, o clube catarinense acabou sucumbindo mais uma vez diante do Nacional-URU. A missão era difícil, ter de vencer por dois gols de diferença no Parque Central, em Montevidéu, e acabou mesmo em um novo revés por 1 a 0 frente ao tradicional time uruguaio, que agora segue à terceira fase da Copa Libertadores da América.

O Nacional vai encarar os argentinos do Banfieldpor um lugar no grupo 2 do torneio continental, que já tem Santos, Estdudiantes-ARG e Real Garcilaso-PER.

O técnico Gilson Kleina até tentou surpreendeu o adversário colocando Arthur e Moisés Ribeiro ganham nos lugares de Nadson e Lucas Mineiro. Aparentemente, a ideia funcionaria, já que no terceiro minuto de jogo a Chape já conseguiu chegar com perigo e por pouco não abriu o placar.

O problema é que logo na sequência, apenas com cinco minutos de bola rolando, Santiago Romero, o mesmo carrasco da Arena Condá, voltou a balançar as redes em cima dos catarinenses. A finalização do meia do Nacional acabou desviando no zagueiro Douglas e matou o goleiro Jandrei.

Ainda antes do intervalo, cada equipe teve mais uma chance clara de gol. Primeiro Apodi evitou o gol de Viúdez já em cima da linha, com Jandrei batido na jogada. Em seguida, o goleiro Conde voou para evitar o gol de cabeça de Douglas.

A segunda etapa teve um panorama bem diferente. O Nacional colocou a vantagem de dois gols no geral embaixo dos braços e fez de tudo para administrar e deixar o tempo passar. A Chape também não demonstrava forças para reagir. Kleina ainda apostou nas entradas de Nadson, Bruno Silva e Alan Ruschel, mas os goleiros sequer trabalharam.

Dessa forma, O Nacional segue vivo na Copa Libertadores da América e o Brasil perde um representante no torneio. A Chapecoense retorna ao seu país natal focada agora no Campeonato Catarinense, onde é vice-líder.

FICHA TÉCNICA
NACIONAL-URU 1 x 0 CHAPECOENSE

Local: Estádio Gran Parque Central, Montevidéu
Data: 7 de fevereiro de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Mario Díaz de Vivar (PAR)
Assistentes: Eduardo Cardozo e Juan Zorrilla (PAR)
Cartões amarelos: Zunino, Carlos Peña, Álvaro González, Leandro Barcia (Nac); Apodi, Moisés Ribeiro, Arthur, Amaral (Chape)

GOL:
Nacional:
 Santiago Romero, aos cinco minutos do 1T

NACIONAL-URU: Esteban Conde; Matías Zunino, Guzmán Corujo, Diego Arismendi e Jorge Fucile; Cristian Oliva, Santiago Romero, Alvaro González e Carlos De Pena; Tabaré Viudez (Leandro Barcia) e Sebastián Fernández (Bergessio)
Técnico: Alexander Medina

CHAPECOENSE: Jandrei; Apodi, Fabricio Bruno, Douglas e Bruno Pacheco; Marcio Araújo (Alan Rischel), Amaral, Moisés Ribeiro (Bruno Silva) e Arthur; Guilherme e Wellington Paulista (Nadson).
Técnico: Gilson Kleina


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »