17/02/2018 às 13h22min - Atualizada em 17/02/2018 às 13h22min

Foto de bode ajoelhado tentando alcançar grama desperta indignação

Imagem foi captada por turista no interior do Rio de Janeiro que estava em viagem a São Lourenço durante o feriado. Ela postou a cena e criticou fiscalização da cidade mineira

Estado de Minas
Animal saltou sobre canteiro apesar de amarrado a carrocinha para chegar até a grama (foto: Reprodução/Facebook)
Uma situação de aparente maus-tratos a um bode na cidade de São Lourenço, no Sul de Minas, ocorrida no período do feriado, despertou a indignação de internautas, depois da publicação em que o animal aparece de joelho tentando alcançar um gramado. Na postagem, a turista, que mora no interior do Rio de Janeiro, não deu detalhes em que local da cidade mineira registrou a cena.
 
Porém, num desabafo, ela explica que o bode é usado para puxar carrocinhas levando crianças e que “o garoto que estava cobrando pelo passeio viu e não fez nada.” Mineira de nascimento, a mulher criticou a falta de fiscalização da cidade: “São Lourenço – MG cada dia mais cruel com os animais. Que raiva!!! Cadê a m... desta fiscalização que não faz nada???”
 
Ainda de acordo com a turista, o animal tento subir um canteiro para se alimentar. “Olha o desespero deste bode, a fome é tanta que ele chega a subir pra comer uma graminha. Afinal deve ser a única coisa que o coitado do bode come o dia todo”, sugeriu. Por fim, além das críticas à administração municipal, a visitante chama de “cruéis” os turistas que fazem o passeio com o animal.
 
Os comentários da postagem foram solidários à indignação em torno do aparente maus-tratos ao bode. “Não visito cidades que exploram animais: revoltante!” Em outra postagem, uma tentativa de conscientização coletiva: “o mais deprimente de tudo isso são as pessoas que pagam pra usar esses pobres animais, pra passear, tirar fotos que, se diga de passagem, ficam horríveis. Vamos conscientizar esses seres malditos, chamados de humanos, que os animais sentem dor, fome, sede, incômodo; eles são seres vivos também”, afirmou. Mas teve quem apelou para fé, diante da comoção: “meu São Francisco proteja os animais! Misericórdia que judiação!”

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »