17/02/2018 às 16h23min - Atualizada em 17/02/2018 às 16h23min

Última vítima na creche de Janaúba é transferida de hospital de BH

Internada há quase cinco meses no HPS da capital mineira, professora Marley Simone Antunes continuará tratamento no Norte de Minas Gerais

R7
Paulo Henrique Ribeiro

A professora Marley Simone Antunes, última vítima internada em Belo Horizonte por causa do cruel ataque à creche Gente Inocente, em Janaúba, a 550 quilômetros de Belo Horizonte, foi transferida nesta sexta-feira (16) para um hospital daquela cidade.

A Fhemig (Fundação Hospitalar de Minas Gerais), no entanto, não informou o estado de saúde dela e previsão de alta. A educadora ficou quase cinco meses no HPS (Hospital de Pronto-Socorro) João 23, na capital, referência no tratamento contra queimaduras.


A tragédia de Janaúba, que chocou todo o planeta, ocorreu na manhã de 5 de outubro de 2017, quando o vigia da creche e vendedor de sorvetes, Damião Soares dos Santos, que tinha 50 anos, ateou fogo nas salas de aula e no próprio corpo.

Morreram nove crianças, duas auxiliares e professora Heley de Abreu Silva Batista, que tinha 43 anos e entrou para a história como a heroína que perdeu a vida ao lutar contra as chamas para salvar as crianças. 

Quase cinco meses depois do atentado, as famílias que tiveram parentes mortos ou feridos vão receber a indenização da Prefeitura Municipal ao longo de 2018.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »