20/02/2018 às 15h55min - Atualizada em 20/02/2018 às 15h55min

Ciro Gomes critica pacote de medidas econômicas de Temer

O ex-ministro afirmou que as propostas não passam de "manchetes" e que alguns dos pontos não podem nem ser "pensados"

Estadão Conteúdo
Ex-ministro Ciro Gomes, pré-candidato do PDT às eleições presidenciais - Reprodução

São Paulo - O ex-ministro Ciro Gomes, pré-candidato do PDT às eleições presidenciais, criticou as 15 medidas econômicas anunciadas pelo governo de Michel Temer em substituição à reforma da Previdência, cuja tramitação no Congresso está suspensa.

Segundo o ex-ministro, as propostas não passam de "manchetes" e que alguns dos pontos não podem nem ser "pensados", como a privatização da Eletrobras e a autonomia do Banco Central. "As 15 medidas são, por enquanto, um apanhado de manchetes", completou.

Ciro afirmou, ainda, que propostas como simplificação do PIS-Confins, desoneração da folha de pagamento e mudança na Lei de Responsabilidade Fiscal precisam ser discutidas e ainda não se sabe o que exatamente o governo vai apresentar.

"Privatização da Eletrobras nem pensar. Nenhum País do mundo entrega ao capital estrangeiro o manejo da sua infraestrutura hídrica", disse Ciro, ao falar da venda da estatal. "Nem pensar a autonomia do Banco Central', declarou, ao citar outro ponto proposto entre as 15 medidas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »