23/02/2018 às 19h17min - Atualizada em 23/02/2018 às 19h17min

Meirelles diz que rebaixamento da nota do Brasil era esperado

Agência Fitch mudou o rating do país de "BB" para "BB-"

Estadão Conteúdo
Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, diz que downgrade se deu em razão da não aprovação da Reforma da Previdência (Tomaz Silva/Agência Brasil)

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta sexta-feira, 23, que o rebaixamento da nota de crédito pela agência de classificação de risco Fitch já era esperado, na medida em que acompanha movimento similar feito em janeiropor outra agência, a S&P Global Ratings. Segundo ele, o downgrade se deu principalmente em razão da não aprovação da reforma da Previdência e de outras medidas do ajuste fiscal.

Para Meirelles, assim que essas medidas forem aprovadas pelo Legislativo, os ratings anteriores voltarão e poderão até mesmo melhorar no futuro. “Acho que está exatamente dentro das previsões. (…) Já ocorreu a nota da S&P, agora a Fitch tem uma avaliação muito similar, em decorrência daquilo exatamente de não ter havido a aprovação da reforma da Previdência no ano passado e de outras medidas importantes para economia”, afirmou o ministro, em entrevista antes de proferir palestra sobre os desafios da economia em 2018 em evento promovido pelo Lide Ceará.

Meirelles afirmou que a justificativa da Fitch sinalizou “claramente” que assim que medidas do ajuste fiscal forem aprovadas, “teremos uma volta normal não só ao rating anterior, mas, tudo indo na direção certa, inclusive, uma melhora do rating no futuro”. 


Entre as medidas que precisam ser aprovadas, ele citou os projetos de reoneração da folha de pagamento, o aumento da contribuição previdenciária de servidores públicos e a tributação de fundos exclusivos, além da reforma da Previdência.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »