01/11/2016 às 05h38min - Atualizada em 01/11/2016 às 05h38min

São Paulo perde para o América-MG e não atinge terceira vitória seguida

Tiago Salazar
Gazeta Esportiva
O São Paulo pressionou o jogo todo, mas não conseguiu marcar nenhum gol (Foto: Vinnicius Silva/Raw Image)

E não foi dessa vez que o São Paulo alcançou a terceira vitória seguida. Contra o América-MG, no estádio Independência, na capital mineira Belo Horizonte, os objetivos eram acabar de vez com qualquer risco matemático de rebaixamento e encerrar o jejum de pouco mais de um ano e quatro meses sem atingir a trinca. Mas, com a derrota por 1 a 0 na noite desta segunda-feira, a equipe paulista não conseguiu nem uma coisa nem outra nesta 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

E chances não faltaram nesta que foi a sexta oportunidade do clube bater a marca de três vitórias seguidas, depois de bater Fluminense e Ponte Preta em sequência. Apesar de entrar em campo como visitante, o São Paulo se sentiu em casa desde os primeiros momentos, já que ditava o ritmo do jogo e contava com o apoio da maioria nas arquibancadas.

Os comandados de Ricardo Gomes só não contavam com tanta inspiração de João Ricardo. Na primeira etapa, o goleiro americano mostrou mais uma vez que faz um campeonato à parte da péssima campanha de seu time. Primeiro, brilhou parou Chavez e David Neres no mesmo lance de forma incrível. Pouco depois, evitou com que o argentino são-paulino encerra-se o jejum de dez partidas sem gols e também contou com a sorte ao assistir Neres desperdiçar chance clamorosa de cabeça.

O castigo veio no primeiro chute a gol dos mandantes. Contra-ataque mortal do Coelho, que contou com falhas grotescas de Maicon e Denis. Melhor para Michael, que não tem nada com isso e correu para o abraço.

Na segunda etapa, a pressão tricolor só aumentou. E os mandantes, que até chegavam com certo perigo em bolas paradas e saídas rápidas na etapa anterior, decidiram definitivamente apenas se defender, o que complicou a missão do São Paulo, que sem muita criatividade, parou no paredão montado por Enderson Moreira à frente da área.

Na grande chance que teve para ao menos empatar, o Tricolor do Morumbi contou com um dos tantos erros dos auxiliares depois da bola sobrar para David Neres cara a cara com o gol. Mas, João Ricardo, além de salvar o América, livrou também o bandeirinha com mais uma grande defesa.

O abafa final do São Paulo, meio desorganizado até, não surtiu efeito. Para o Coelho, só alegria. Apesar de já rebaixado, a equipe mineira chega à sua segunda vitória seguida e deixa a lanterna com o Santa Cruz, justamente o próximo adversário, domingo, às 17 horas, no Arruda, em Pernambuco. (27 e 24 pontos) pontos. Enquanto isso, o São Paulo, 12º colocado com 42 pontos, terá a semana inteira livre para concertar os erros antes de receber o arquirrival Corinthians no estádio do Morumbi, sábado, às 19h30.

AMÉRICA-MG 1 X 0 SÃO PAULO

Local:Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 31 de outubro de 2016, segunda-feira
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Assistentes: Michael Correia e João Luiz Coelho de Albuquerque (ambos do RJ)
Cartões amarelos: SÃO PAULOMena.
Público: 5014 pessoas.
Renda: 58495.

GOL:
AMÉRICA-MG:Michael, aos 26 minutos do 1T.

AMÉRICA-MG:João Ricardo; Christian Sávio, Éder Lima, Messias (Maktom) e Ernandes; Juninho e Leandro Guerreiro; Danilo Barcelos, Tony e Matheusinho (Renato Bruno); Michael (Claudinei)
Técnico: Enderson Moreira

SÃO PAULO:Denis; Wesley, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; João Schimidt, Thiago Mendes e Cueva; Kelvin (Perdro), David Neres e Chavez (Luiz Araújo).
Técnico:Ricardo Gomes


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »