05/11/2016 às 19h43min - Atualizada em 05/11/2016 às 19h43min

'Achei que ia morrer', diz sequestrado por assaltantes em semáforo

Vítima precisou andar 14 km para buscar ajuda em Tangará da Serra. Jovem teve as roupas rasgadas e o carro roubado pelos bandidos.

Do G1 MT

Um rapaz de 19 anos foi sequestrado ao parar em um semáforo em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, na madrugada deste sábado (5). De acordo com o jovem, que preferiu não ser identificado, ele foi abordado por dois homens que estavam em uma moto, por volta das 4 horas, ao parar no sinal vermelho na Avenida Ismael José do Nascimento.

Segundo o jovem, ele foi jogado no banco traseiro do carro e um dos bandidos foi dirigindo o veículo, mantendo contato por celular, a todo momento, com o comparsa, que estava na moto usada na abordagem, e com outros bandidos, para quem informava que já havia pegado o carro e marcando um ponto de encontro.

O jovem foi abandonado pelos bandidos em um trecho da MT-358 e caminhou por 14 km, até chegar em uma fazenda, onde pediu socorro.

"Eles me jogaram para fora do carro, me amarraram, me deram uma coronhada nas costas. Aí eu caí e bati a cabeça no carro. Eles tiraram a minha roupa e me mandaram sair correndo. É uma sensação horrível. Eu achei que ia morrer", relatou a vítima.

De acordo com a Polícia Militar, a abordagem no semáforo é a primeira registrada em Tangará da Serra. Segundo o tenente da PM Gabriel Foletto, apesar da insegurança, as pessoas devem respeitar o sinal vermelho mesmo se estiverem dirigindo de madrugada.

"[As pessoas] devem sim parar no sinal [vermelho], até porque o Cósigo de Trânsito prevê como infração se não parar, porém, as pessoas precisam tomar algumas precauções, por exemplo: se parar no semáforo de madrugada, ao invés de parar à direita, no meio fio, parar à esquerda; verificar qualquer movimentação estranha ao redor; fechar os vidros. Essas são algumas das orientações básicas de prevenção de segurança", disse.

Até o momento, o carro do rapaz não foi localizado e nenhum suspeito foi preso pela polícia.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »